Pendurado, Barcos tenta continuar calado em campo para evitar gancho

Atacante não foi alertado pela comissão técnica do Palmeiras e perdeu a chance de forçar um cartão para ser suspenso quando estaria jogando pela Argentina

Gazeta |

Gazeta Press
Na confusão durante jogo contra o Inter, Barcos ficou longe do árbitro

Em seus últimos quatro jogos pelo Brasileiro, Barcos teve uma preocupação a mais além de fazer gols para evitar o rebaixamento do Palmeiras. O atacante está pendurado e tem contido suas palavras e tentativas mais duras de desarme para não tomar um cartão amarelo que o deixaria suspenso nesta reta final de competição.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Estou me cuidando há vários jogos. Preciso manter mais calma do que nunca para não tomar cartão", comentou o centroavante, com mais cuidado principalmente em relação à abordagem aos árbitros. "Estou pendurado. Se saio falando, complico a equipe, mas é muito difícil controla a situação."

O último cartão recebido pelo camisa 9 na liga nacional foi na vitória por 3 a 1 sobre o Figueirense, quando, aos 44 minutos do primeiro tempo, o árbitro interpretou que ele "retardou o reinício do jogo". O problema foi que o artilheiro não se deu conta de que aquele era o segundo amarelo na sequência.

Leia mais: Vitória do Inter contra o Palmeiras é suspensa até julgamento no STJD

Também sem ser alertado também pelo clube de que estava pendurado, o jogador perdeu a chance de ‘forçar’ o cartão no duelo contra o São Paulo, já que seria desfalque nas duas rodadas seguintes por estar à disposição da seleção argentina. "Cometi um erro. Fui para a seleção achando que tinha só um amarelo...", lamentou.Desde então, o autor de 25 gols do Verdão neste ano precisou se controlar nas vitórias sobre Bahia e Cruzeiro e, principalmente, na derrota para o Inter. No Beira-Rio, Barcos fez um gol de mão e precisou se desdobrar para escapar da advertência que o impediria de enfrentar o Botafogo, neste domingo.

Ciente da confusão do árbitro Francisco Carlos Nascimento, que chegou a validar o gol, o argentino se manteve distante e, ao ser questionado se foi o autor da irregularidade, negou. "Como eu sabia que tinha pegado na minha mão, não teria muito o que falar", contou Barcos, aliviado por ter escapado do cartão.

Agora, o artilheiro precisará manter as artimanhas para continuar ajudando o clube nas cinco rodadas que restam no Campeonato Brasileiro. Nas últimas duas partidas sem Barcos, o Palmeiras perdeu por 1 a 0 para Coritiba e Náutico.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: penduradobarcoscaladoevitarsuspensãopalmeirasrebaixamentobrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG