Após passar por momento difícil no Corinthians, meia se recuperou e se tornou titular da equipe comandada por Tite

O meia Douglas atravessou um momento difícil no Corinthians. Contratado em fevereiro para reeditar as boas atuações de sua primeira passagem pelo clube, o atleta amargou a reserva e foi alvo de críticas, mas alega ter superado a desconfiança sem se abalar.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Douglas converte pênalti e vira para o Corinthians no primeiro tempo diante do Botafogo
Gazeta Press
Douglas converte pênalti e vira para o Corinthians no primeiro tempo diante do Botafogo

"Óbvio que a gente se chateia com algumas coisas, mas sou um cara tranquilo e absorvo bem qualquer tipo de crítica. Sabia que quando tivesse uma chance poderia render. Depois que isso aconteceu, mudou muita coisa", afirmou.

Douglas era cobrado para perder peso quando retornou ao time paulista, mas explica que conseguiu atingir o condicionamento ideal antes de ter voltado a ser titular.

Leia mais: Douglas fecha portas da seleção: “Se fosse convocado, recusaria”

"Eu já tinha entrado no peso havia algum tempo e as pessoas continuavam batendo nessa tecla. Eu até cheguei a comentar com o Fábio (Mahseredjian, preparador físico) que estava no peso certo e que só esperava uma sequência para jogar", acrescentou.

O meia só assumiu a vaga de titular depois da Copa Libertadores, quando herdou o posto de Alex, negociado com o futebol árabe. Antes, Douglas tinha de se contentar em atuar com a equipe reserva no Campeonato Paulista.

"O que me ajudou mais foi quando voltei a jogar com os titulares, em um time entrosado. Ficou muito mais fácil. No Paulistão, era molecada e sem entrosamento, ou seja, um pouco difícil", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.