Atrás de título sul-americano, São Paulo visita atual campeã La U

Na primeira partida das quartas de final da Copa Sul-Americana, o clube do Morumbi não vai contar com o atacante Luis Fabiano

iG São Paulo * |

Após garantir vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana ao bater a desconhecida LDU de Loja, o São Paulo inicia a nova fase do torneio diante de um adversário bem mais tarimbado. A Universidad de Chile, ao contrário da equipe equatoriana, tem tradição no continente e foi justamente o campeão da edição passada da competição.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O clube de Santiago é o atual segundo colocado do ranking da Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS), instituição reconhecida pela Fifa. Mais do que isso, ocupa a liderança do Campeonato Chileno - com cinco pontos de frente para o segundo colocado -, o qual já venceu 16 vezes.

RAFAEL NEDDERMEYER/Marca Brasil
Rogério Ceni e Lucas são as principais armas do São Paulo

"Vamos descobrir daqui a pouco como é enfrentá-los", disse o goleiro Rogério Ceni, que esteve em campo nos mais recentes enfrentamentos com o oponente chileno, pela fase de grupos da Libertadores de 2005: 4 a 2 (com um gol seu em cobrança de falta), no Morumbi, e 1 a 1, no Estádio Nacional, mesmo palco do duelo desta quarta-feira, às 21h50 (horário de Brasília).

Leia mais:  Osvaldo se diz 100% depois de ser desfalque e treinar separadamente

"O time atual parece ser tecnicamente muito bom, toca bem a bola e tem muita força de marcação também. Os jogadores são bastante combativos, principalmente na frente. Vamos descobrir como jogam de fato neste meio de semana e no próximo", completou o camisa 1.

Como no Campeonato Brasileiro o São Paulo ocupa posto confortável no G4, com sete pontos de vantagem para o quinto colocado, a Sul-Americana tornou-se uma segunda opção de luxo para chegar à Libertadores, pois, além de oferecer passe para o principal torneio continental, é a última oportunidade de título em 2012.

Veja também:  Confiante após três gols, Lucas tenta suprir baixa de Luis Fabiano

Para seguir bem nesse caminho, o técnico Ney Franco vai precisar superar mais uma vez a ausência de Luis Fabiano. O artilheiro voltou a sentir incômodo na coxa esquerda e não viajou. Ademilson e Willian José concorrem pela vaga. Outra baixa é Paulo Miranda. O zagueiro que vinha sendo improvisado na direita sofreu entorse no joelho esquerdo e deve devolver a posição ao lateral Douglas.

O lado rival, no entanto, também encontrou dificuldade para avançar de fase. Enquanto o São Paulo seguiu com dois empates, valendo-se da vantagem do 0 a 0 no segundo encontro, a Universidad de Chile reverteu condição desfavorável e derrotou o Emelec (Equador) por 1 a 0, fora de casa, após sofrer dois gols como mandante, em equilibrado empate por 2 a 2.

Confira ainda:  SP viaja sem Luis Fabiano, mas Ceni minimiza: "Todos são importantes"

"Ficamos felizes por termos ganhado do Emelec. Não era uma chave fácil, e no Equador eles tinham vantagem. Com esse triunfo, o ânimo melhorou, e chegamos muito motivados. Vejo o São Paulo como um candidato ao título. Eles têm muitas qualidades, porém nós nos focaremos nas nossas virtudes e em ganhar", diz o lateral-direito Albert Acevedo.

O técnico Jorge Sampaoli não deixou claro qual equipe subirá a campo nesta quarta-feira. Matías Rodríguez tem problemas físicos, e Guillermo Marino tem a posição ameaçada por Roberto Cereceda, em uma tentativa de não se expor tanto na frente. A certeza é que, no domingo, a maioria dos titulares será poupada do clássico contra a Universidad Católica, já pensando na partida da semana que vem, no Brasil.

"Precisamos ter os jogadores recuperados, e o mais seguro é que aqueles que forem a campo nesta quarta-feira não joguem no domingo. Se o clássico fosse contra o Colo Colo, jogariam os titulares", justificou o treinador.

FICHA TÉCNICA
UNIVERSIDAD DE CHILE X SÃO PAULO

Local: Estádio Nacional de Chile, em Santiago (CHI)
Data: 31 de outubro de 2012, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Martín Vázquez (URU)
Assistentes: Miguel Nievas (URU) e Marcelo Costa (URU)

UNIVERSIDAD DE CHILE: Johnny Herrera; Albert Acevedo, Osvaldo González e José Rojas; Charles Aránguiz, Sebastián Martínez, Eugenio Mena e Gustavo Lorenzetti; Sebastián Ubilla, Roberto Cereceda e Enzo Gutiérrez
Técnico: Jorge Sampaoli

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Lucas, Osvaldo e Ademilson (Willian José)
Técnico: Ney Franco

* com Gazeta

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG