São Paulo encara trabalho com jovens como o diferencial da temporada

Promessas como Ademilson, Osvaldo e Lucas são a marca da era Ney Franco

Gazeta |

Vipcomm
Ademilson, 18, deve ser o substituto de Luís Fabiano

Antes desacreditado por seus próprios torcedores, o São Paulo evoluiu no Campeonato Brasileiro e se tornou um dos fortes candidatos ao título da Copa Sul-americana. Entre os motivos que alavancaram a reação tricolor, o trabalho exercido com os jovens que integram o grupo principal é visto como um dos diferencias da passagem de Ney Franco pelo Morumbi.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O treinador ficou conhecido por comandar a vitoriosa Seleção Brasileira sub-20 que conquistou o Sul-americano e o Mundial da categoria, em 2011. Após deixar as categorias de base do time canarinho para assumir o cargo deixado por Emerson Leão, o técnico soube aplicar a mesma filosofia de trabalho no debilitado time paulista e tornar a juventude são-paulina um dos pilares da equipe.

"Nós crescemos na hora certa. Nós temos muitos exemplos de times que não são tão experientes e conquistaram títulos com jovens atletas. O Santos, por exemplo, foi campeão várias vezes só com molecada", avaliou o zagueiro Rhodolfo, que, aos 26 anos, se tornou o principal nome da zaga tricolor nos campeonatos disputados neste ano.

Além de contar com jovens atletas em todos os setores, Ney Franco também tem a possibilidade de escalar jogadores que alcançaram status mundial com suas atuações pela Seleção Brasileira e clubes europeus. Enquanto Rogério Ceni, de 39 anos, figura como a grande voz da experiência no Tricolor, nomes como Lucas, 20, e Denilson, 24, mesclam sua bagagem internacional com a adquirida por Luis Fabiano, 31, e Jadson, 29.

"A equipe é nova, mas tem jogadores com certa experiência no futebol. A juventude do elenco e a experiência do Rogério formam uma importante mistura para que nós conquistarmos nossos objetivos", avaliou Osvaldo, de 25. "São jovens que foram para a Seleção e cresceram junto com a equipe no momento certo", completou Rhodolfo.

Na partida desta quarta-feira, contra a Universidad de Chile, em Santiago, o técnico Ney Franco deverá optar novamente por jovens atletas para suprir os desfalques que acumulou após a goleada sobre o Sport, no último sábado. Para o lugar de Luis Fabiano, o atacante Ademilson, de 18 anos, aparece como o favorito, enquanto o lateral Douglas, de 22, deverá substituir o lesionado Paulo Miranda no setor defensivo.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG