Com mais de duas horas de atraso, Emerson visita Graacc e cumpre 'pena'

Atacante do Corinthians visitou a entidade nesta segunda como parte da punição do STJD, por conta da expulsão diante do Atlético-MG. Tite também compareceu ao local

iG São Paulo * |

Marca Brasil
Emerson chegou com mais de horas de atraso ao GRAAC

O atacante Emerson visitou na tarde desta segunda-feira os pacientes do Graacc (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer). O encontro foi estipulado como parte da ‘punição’ imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva ao atacante, por conta da expulsão na partida contra o Atlético-MG. O técnico Tite, que não havia recebido pena do STJD, também compareceu à entidade.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Inicialmente, o hospital tinha a informação de que o atacante entraria até 11h, mas o jogador só chegou ao local às 13h35, pois teve treino pela manhã e também alegou ter enfrentado muito congestionamento no percurso do CT Joaquim Grava ao Graacc.

Leia mais: Tite aproveita ausência de Guerrero para observar time sem pivô

"Peguei muito trânsito no caminho. Em meu nome e do Corinthians, peço desculpa pelo atraso. Não dá para falar que esta visita é uma pena do STJD, é mais uma lição de vida para todo mundo. Nós podemos trazer um pouquinho de alegria às pessoas que estão em um momento tão difícil", comentou.

A movimentação gerou alguns empecilhos no andamento do hospital, já que a briquedoteca precisou ficar fechada durante quase duas horas, enquanto o atleta não chegava, impedindo a entrada de crianças. Como parte da punição imposta pelo Tribunal, o Sheik também entregou um cheque de R$ 10 mil ao hospital, que representado pelo superintendente Sérgio Petrilli.

Confira ainda: Guerrero não se sente com vaga garantida no time titular do Corinthians

"O dinheiro saiu do clube, mas certamente será descontado do meu salário", explicou o atacante, que ainda manifestou a intenção de voltar em outra oportunidade ao Graacc. "Quatro ou cinco crianças me pediram camisas. Não dá para trazer para todo mundo, mas acho que seria possível trazer lembrancinhas".

Emerson foi punido pelo STJD em função da expulsão na partida contra o Atlético-MG, quando chamou o árbitro Péricles Bassols de "safado e ladrão". Por conta do episódio, o Sheik também cumpriu cinco partidas de suspensão.

*Com Gazeta

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: corinthiansemersonstjdgraac

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG