Após “dia atípico”, Felipe Azevedo promete lutar para salvar o Sport

Apesar das falhas individuais, o atacante disse que quem errou ainda tem muito crédito com a torcida"

Gazeta |

O gol anotado por Gilberto parecia embalar o Sport na partida contra o São Paulo. Mas os erros individuais dos jogadores rubro-negros frustraram o torcedor que presenciou a goleada sofrida por 4 a 2 , em plena Ilha do Retiro. E para não deixar que estas mesmas falhas venham a prejudicar o rendimento da equipe nas próximas rodadas, o atacante Felipe Azevedo quer o time focado apenas em somar pontos para salvar o clube do rebaixamento.

Gazeta Press
Felipe Azevedo no duelo com o SP

Na partida realizada em um dia considerado "atípico" pelo próprio Felipe Azevedo, o goleiro Saulo, que havia defendido um pênalti na última rodada, cometeu dois erros em sua meta e abriu caminho para os rivais paulistas construírem sua vitória. Em um deles, o arqueiro entregou a bola nos pés de Lucas e assistiu ao meia anotar o segundo do Tricolor na partida. Já Rivaldo se atrapalhou na hora de impedir um ataque adversário e encobriu o arqueiro de seu próprio time antes do intervalo.

"Aconteceu. Precisamos melhorar resultados para tentar reverter situação Infelizmente é isso: vai afunilando e com isso a nossa equipe se complicando. Lutar, treinar. Hoje foi um dia atípico, por causa das falhas individuais, mas quem errou ainda tem muito crédito com a torcida", apontou o atacante.

Os erros cometidos pelo Sport parecem ter sensibilizado até mesmo os rivais. O goleiro Saulo havia recebido uma recepção de herói no Aeroporto de Guararapes, por ter assegurado a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-GO, e ganhou os aplausos da torcida após suas falhas. Até mesmo o Rogério Ceni saiu de sua meta para incentivar o jovem atleta a persistir em sua função.

Em contrapartida, Rivaldo não contou com o mesmo apoio e foi perseguido pelas vaias dos torcedores. O jogador foi intensamente xingado em todos os momentos que pegou na bola e foi sacado por Sérgio Guedes antes de o segundo tempo ter início. Em seu lugar, o treinador colocou Marquinhos Gabriel no meio-campo, mas não conseguiu reverter o placar que manteve o time pernambucano na zona de descenso.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: SportFelipe AzevedoBrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG