Inter, por sonho, e Palmeiras, por fim de pesadelo, jogam no Beira-Rio

Time gaúcho ainda luta por vaga na Libertadores, enquanto paulistas têm a meta de evitar a queda para a Série B a cinco rodadas do final

iG São Paulo * |

Marcelo Regua/Agência O Dia
Forlán comemora gol do Internacional em São Januário

Às 16h20 (de Brasília) deste sábado, no Beira-Rio, Inter e Palmeiras definirão como será a vida deles nas cinco rodadas que restarão no Brasileiro após a partida. Os três pontos são fundamentais tanto na luta do clube gaúcho para ir à Libertadores quanto na da equipe paulista para se manter na primeira divisão.

Palpite para o jogo? Deixe seu comentário e troque recados com leitores

Nas metas, a mais preocupante é a do Verdão. O time está em antepenúltimo lugar, a quatro pontos do Bahia, primeiro clube fora da zona de rebaixamento. Nas contas da comissão técnica, são necessárias quatro vitórias nos últimos seis jogos para evitar a queda à Série B.

O elenco, porém, já nem fala em cálculos. Wesley, por exemplo, foi sucinto ao falar qual a projeção para as partidas que restam na liga nacional. “Vitória”, limitou-se a dizer o meio-campista, enfatizando o discurso de que já não dá mais para adiar a reação na competição.

Se triunfar no Rio Grande do Sul e o Bahia perder do Grêmio também neste sábado, às 18h30, o Palmeiras ficará a um ponto da saída da faixa de descenso. Mas o clube tem histórico de dificuldade no Beira-Rio, onde não vence o Inter há 15 anos.

E o time gaúcho renovou suas esperanças ao vencer o Vasco, concorrente direto na briga por vaga na Libertadores.“O Inter estava em uma situação complicada por seus resultados, mas são coisas que acontecem, tanto que agora eles vêm de vitória. E vamos com toda humildade na casa deles, respeitando a todos, só que com o intuito de resultado positivo”, prometeu Wesley, principal novidade do Verdão para a partida.

Gazeta Press
Wesley reforça o Palmeiras

Gilson Kleina abriu mão do 4-3-3, sacando Betinho, que nem viajou a Porto Alegre, para a entrada de Wesley, além de promover a volta de João Denoni, suspenso na vitória sobre o Cruzeiro na última rodada.

A crença é de que o Palmeiras, que somou só 66% dos pontos somados pelo Inter até agora, pode surpreender.“Acontece muita coisa no futebol. Muitas vezes vemos uma situação no Brasileiro que acham que vai dar e acaba não acontecendo. Isso pode acontecer a nosso favor. Vamos com humildade e vontade”, discursou Wesley. "Estamos confiantes e tomara Deus que voltemos com os três pontos."

Mesmo sete pontos longe do G-4, há apenas seis rodadas do fim do Brasileirão, o Internacional ainda acredita na possibilidade de disputar a Libertadores do ano que vem. Segundo o técnico Fernandão, a vitória por 2 a 1 sobre o Vasco foi fundamental para manter a equipe viva na disputa.

O volante Guiñazu, ao desembarcar em Porto Alegre depois do triunfo no Rio de Janeiro, disse ainda acreditar nas possibilidades da equipe, que tem 48 pontos, contra 55 do São Paulo, que ocupa a quarta colocação do torneio.

Em relação à equipe que venceu em São Januário serão duas baixas. A primeira é o volante Ygor, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Ele será substituído por Josimar, atuando ao lado de Guiñazu na contenção. Mais à frente, Dagoberto, com novas dores na coxa, dará lugar a Rafael Moura, que fará dupla com Forlán no ataque.

O centroavante Leandro Damião, ainda com dores musculares na coxa direita, também é desfalque. A única dúvida é entre Índio e Juan na zaga para formar a dupla com Rodrigo Moledo – Índio é o titular, mas o fato de muitos jogadores estarem pendurados (inclusive ele) pode pesar na escolha do treinador, que não quer ver a equipe atuando muito desfalcada nas próximas rodadas.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X PALMEIRAS

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 27 de outubro de 2012, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (Fifa-AL)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ)
Assistentes adicionais: Celio Amorim e Evandro Tiago Bender (ambos de SC)

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Josimar, Guiñazu, Fred e D’Alessandro; Forlán e Rafael Moura
Técnico: Fernandão

PALMEIRAS: Bruno; Artur, Mauricio Ramos, Henrique e Juninho; João Denoni; Wesley, Marcos Assunção e Patrick Vieira; Luan e Barcos
Técnico: Gilson Kleina

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: internacionalpalmeirasbrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG