Botafogo goleia Atlético-GO e segue sonhando com G-4

No Engenhão, time carioca não perdoa o lanterna do Brasileiro, conquista a terceira vitória seguida e está a oito pontos do São Paulo

Gazeta |

O Botafogo fez o que se esperava dele na noite deste sábado. Jogando no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), o time carioca goleou o Atlético-GO por 4 a 0 pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, conquistou a terceira vitória consecutiva e continua lutando por uma vaga na próxima Copa Libertadores.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Alvinegro chegou aos cinquenta pontos, na sexta posição, mas ainda se encontra a oito pontos do São Paulo, que fecha o G-4. Seedorf, que deixou o gramado lesionado ainda no primeiro tempo, Dória, Gabriel e Bruno Mendes anotaram os gols do jogo. Pior para o Dragão, estacionado na lanterna, com 23 pontos, e virtualmente rebaixado para a Segunda Divisão.

O jogo

Como já era esperado, o Botafogo começou a partida impondo um ritmo mais forte e assustou pela primeira vez aos 14 minutos, quando Lucas cruzou da direita, Bruno Mendes dominou e chutou em cima da zaga. Quatro minutos depois foi a vez de Renato arriscar de fora da área e forçar a primeira defesa do goleiro Márcio na partida.

Veja fotos da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro:

A fragilidade do sistema defensivo do Atlético era gritante que bastaria uma boa jogada ofensiva do ataque alvinegro para o placar ser aberto e foi o que aconteceu aos 21 minutos. Lucas cruzou da direita, Bruno Mendes tocou de calcanhar, Lodeiro ajeitou e Seedorf chutou sem chances para Márcio. O holandês por muito pouco não marcou o segundo quatro minutos depois ao escorar para fora um cruzamento de Andrezinho.

Muito recuado e intimidado pelo domínio do Botafogo, o Atlético só conseguiu se soltar depois de trinta minutos. Aos 30, Eron cruzou e Diogo Campos escorou para fora, atrapalhado por Márcio Azevedo. Sete minutos depois foi a vez de Ricardo Bueno arriscar o chute e fazer o torcedor se lembrar que o goleiro Jéfferson estava dentro do gramado.

Aos 39 minutos o Botafogo acabou recebendo uma má notícia. Seedorf sentiu uma fisgada na coxa direita e deixou o gramado chorando. O jogador acompanhou o resto do confronto sentado no banco de reservas, com uma bolsa de gelo na perna e será melhor examinado nos próximos dias.

Porém, a lesão de Seedorf não abalou o Botafogo, que encontrou tempo para ampliar ainda nos acréscimos do primeiro tempo. Andrezinho cobrou falta da esquerda e Dória apareceu para cabecear para o fundo da rede: 2 a 0. Uma jogada que foi ensaiada ao longo de toda a semana.

Mal começou o segundo tempo e o Botafogo conseguiu ampliar. Gabriel avançou com a bola do seu próprio campo, arriscou o chute de fora da área, a bola desviou na zaga e foi morrer no canto direito de Márcio.

Marcelo Regua/Agência O Dia
Lance do jogo entre Botafogo e Atlético-GO, no Engenhão

A partir daí o jogo ficou mais aberto, com o Atlético também atacando e ficando exposto aos contra-ataques. Aos oito minutos Pituca arriscou de fora da área e Jéfferson fez grande defesa. Seis minutos depois a resposta botafoguense: Andrezinho chutou, Diego Giaretta salvou em cima da linha e, na sequência, Gabriel mandou a bola para fora. Já aos 31 minutos foi a vez de Andrezinho cobrar falta e Márcio defender com muita dificuldade.

Com tanto domínio o Botafogo conseguiu ampliar aos 34 minutos. Após boa troca de passes do ataque alvinegro, Bruno Mendes arriscou da entrada da área e fez a bola entrar no canto direito de Márcio. Foi o quinto jogo do artilheiro em quatro confrontos com a camisa botafoguense. Quatro minutos depois a situação do lanterna do Campeonato Brasileiro ficou ainda mais complicada, pois Diego Giaretta, que já tinha cartão amarelo, fez falta em Márcio Azevedo e foi expulso. Foi a senha para o Alvinegro administrar a vantagem até o fim.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo, às 17h(de Brasília). O Botafogo visita o Palmeiras no Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara (SP). Já o Atlético-GO recebe o Corinthians no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 4 X 0 ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data : 27 de outubro de 2012, Sábado
Horário : 18h30(de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes : Lorival Candido das Flores (RN) e Paulo César Faria (MT)
Cartões amarelos: Antônio Carlos (Botafogo); Ricardo Bueno, Eron, Rafael Cruz, Mahatma Gandhi e Diego Giaretta (Atlético-go)
Cartões vermelhos: Diego Giaretta (Atlético-GO)
Gols: BOTAFOGO: Seedorf aos 21 e Dória aos 46 minutos do primeiro tempo e Gabriel aos três e Bruno Mendes aos 34 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Antônio Carlos, Dória e Márcio Azevedo; Gabriel, Renato, Lodeiro (Fellype Gabriel), Seedorf (Elkeson) e Andrezinho (Vítor Júnior); Bruno Mendes
Técnico: Oswaldo de Oliveira

ATLÉTICO: Márcio, Rafael Cruz (Adriano), Diego Giaretta, Reniê e Eron (Ernandes); Pituca, Dodó, Mahatma Gandhi e Joilson; Ricardo Bueno e Diogo Campos (Felipe)
Técnico: Artur Neto

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: botafogoatlético-gobrasileirão 2012futebol

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG