Jogador foi punido pela utilização do diurético “hydrochlorothiazide” e ficará sem atuar até o julgamento do recurso do Atlético-GO

Bida foi suspenso por dois anos após ser pego no antidoping
Divulgação/Site oficial do Atlético-GO
Bida foi suspenso por dois anos após ser pego no antidoping

Nesta sexta-feira, o STJD (Superior Tribunal de JustiçaDesportiva) julgou o volante Bida, do Atlético-GO, e determinou uma suspensão de dois anos por doping.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O jogador foi punido pela utilização do diurético do diurético “hydrochlorothiazide” e fica sem atuar até o próximo recurso do Atlético-GO. Bida foi flagrado nos exames antidoping dos jogos contra Fluminense e Flamengo nos dias 24 de junho e 1º de julho.

O diretor de futebol Adson Batista havia admitido a responsabilidade do clube no caso e Fernanda Machado, então nutricionista do clube, chegou a pedir demissão.

Bida foi denunciado item 2.1 do artigo 2 do Código Mundial Antidoping, que trata de “presença de uma substância proibida ou de seus metabólicos ou marcadores em uma amostra colida do atleta”, e foi condenado à punição máxima de dois anos, mas o Atlético-GO ainda deve tentar recorrer para encaixá-lo em outro artigo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.