Palmeiras poupa Barcos em treino e deve perder Thiago Heleno contra Inter

Argentino deve entrar em campo no Beira-Rio, já companheiro sentes dores no quadril e pode nem viajar com restante do elenco

Gazeta |

Futura Press
Barcos fez apenas trabalhos físicos nesta sexta-feira no Palmeiras

No último treinamento antes de viajar para enfrentar o Internacional , neste sábado, em Porto Alegre, Gilson Kleina não pôde contar em campo na Academia de Futebol com dois jogadores. Barcos, cansado, foi poupado e não deve ser problema, mas Thiago Heleno dificilmente embarcará com o grupo na tarde desta sexta-feira.

Deixe seu recado e comente com outros torcedores

O zagueiro, que atuou durante toda a partida na derrota para o Millonarios , na Colômbia, na terça-feira, reclama de dores no quadril direito. O camisa 4, com recorrentes problemas musculares, deve ser confirmado como desfalque para o confronto no Beira-Rio.

Leia mais:  Palmeiras encara Inter e desafia tabu de 15 anos sem vencer no Beira-Rio

Já Barcos, que pediu para atuar em Bogotá pela Copa Sul-americana, só está evitando maior desgaste. Após ter atendido ao atacante escalando-o na terça-feira, a comissão técnica tem dado descanso ao artilheiro, que está com as "pernas pesadas" - na semana passada, atuou em dois jogos em menos de 24 horas e com maratona de mais de 12 horas em aeroportos.

Palmeiras luta contra rebaixamento. Veja classificação do Brasileirão

O camisa 9 entrou no gramado do centro de treinamento com o resto do elenco na manhã desta sexta-feira, mas, ao contrário dos colegas, estava de tênis. Realizou os trabalhos físicos e, quando foram iniciados exercícios técnicos, deixou o campo. Tudo para descansar.

Em relação a outros contundidos, a boa notícia para o treinador é que Correa e Maikon Leite, desfalques nas últimas quatro partidas por lesões musculares, mais uma vez treinaram normalmente. Sem problemas no segundo dia seguido, ambos devem ser relacionados.

Outro que alegava contusão e reapareceu foi João Vitor. O volante, que chegou a aparecer na Academia de chinelos e sem faixa nenhuma enquanto dizia estar com fratura no pé direito, trabalhou normalmente em campo separado com jogadores que não devem ir ao Rio Grande do Sul. Com contrato até o fim do ano, o meio-campista deve ser atendido em seu pedido de não jogar mais pelo clube.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: barcospalmeirasbrasileirão 2012thiago heleno

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG