Após salvar a Ponte, Roger garante que fica para jogar a Sul-Americana

Com o gol da vitória contra o Cruzeiro, o atacante encerrou um jejum de 14 jogos sem marcar

Gazeta | - Atualizada às

Roger estava há 14 rodadas sem balançar as redes e vinha sofrendo com a ferrenha perseguição da torcida ponte-pretana. Antes criticado pelos seguidos impedimentos e gols desperdiçados, o atacante pôde ouvir na noite desta quinta-feira os gritos de uma torcida aliviada por permanecer na Série A. Autor do gol que garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro , o jogador garantiu que não guardará mágoas e renovará o seu contrato para disputar a Copa Sul-Americana com a Ponte Preta.

Os questionamentos sobre a permanência de Roger no Moisés Lucarelli surgiram ainda na passagem de Gilson Kleina por Campinas. Camisa 9 absoluto do time campineiro, o atleta viu Giancarlo ganhar a preferência dos torcedores e batalhou para se manter no ataque depois que o técnico se transferiu para o Palmeiras e cedeu o seu lugar a Guto Ferreira.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Roger comemora gol da Ponte Preta contra o Cruzeiro

Agora, com a meta estipulada pela comissão técnica assegurada e a manutenção do clube na elite do futebol nacional, Roger não quer nem saber de deixar Campinas e garantiu o prolongamento de seu vínculo para 2013. “Eu vou ficar. Eu estou em um momento bom, estou feliz e me sinto em casa aqui. São 11 anos aqui dentro e fico feliz quando o time vence assim. Essa festa é linda e está todo mundo de parabéns.”

A permanência do centroavante condiz com as metas que o jogador traçou para a Ponte Preta nesta reta final de Brasileiro. “Estou feliz com a permanência na Série A. Este nosso primeiro objetivo foi alcançado e o segundo é ir para a Sul-americana. É importante para que ficou aqui e vai valorizar ainda mais o trabalho de quem seguirá no clube no próximo ano.”

Leia mais:  Ponte bate o Cruzeiro e praticamente alcança pontuação para ficar na Série A

A missão planejada por Roger nos momentos derradeiros desta temporada se une também ao modo como o atleta desencantou nesta quinta-feira. Com o fim de seu jejum, o jogador pediu para que a torcida volte a apoiá-lo no Moisés Lucarelli e tenha mais paciência quando o grupo passar por certas dificuldades.

“É um alívio muito grande. Isso já estava me incomodando um pouco. A gente sabe como é o futebol. Eu não sou o único que estava sem marcar a tanto tempo no Brasileiro. Às vezes a gente capricha demais. Às vezes a gente tenta demais. O bom é que o gol saiu e eu estou feliz por isso”, encerrou o centroavante ponte-pretano.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: Ponte PretaRoger

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG