Após críticas ao time do Santos, Neymar treina, mas não vai a campo no CT

Ao lado do goleiro Rafael e do volante Adriano, o craque apenas realizou atividades na academia do clube, ao contrário dos demais titulares

Gazeta |

Após criticar o time pelo empate com o Náutico, na noite desta quinta-feira, na saída do gramado da Vila Belmiro, o atacante Neymar não compareceu ao gramado do CT Rei Pelé, durante a reapresentação do Santos, na manhã desta sexta. Ao lado do goleiro Rafael e do volante Adriano, o craque apenas realizou atividades na academia do clube, ao contrário dos demais titulares.

E MAIS: Neymar cobra mais vontade e pede para companheiros 'aparecerem para jogar'

Rafael Neddermeyer/Agência O Dia
Neymar parte da cima do zagueiro do Náutico

Fora Neymar, Rafael e Adriano, o argentino Miralles, com dores no calcanhar esquerdo, também não esteve no campo. O veterano lateral Léo, que se recupera de lesão de grau três no músculo da região da virilha, e pode não retornar mais a equipe para a reta final do Campeonato Brasileiro, foi outra ausência.

VEJA A IMAGEM: Neymar é alvo mais uma vez e mostra foto de hematonas

Os demais titulares correram ao redor do gramado, participando depois de uma atividade leve, antes de retornarem para o Hotel Recanto dos Alvinegros. Já os reservas trabalharam fisicamente por cerca de 20 minutos e logo depois realizaram treino dois toques, durante 30 minutos.

O Peixe recebe folga neste final de semana e só retorna aos treinamentos na próxima segunda, no CT Rei Pelé. Os santistas visitam o Cruzeiro, no dia 3, na Arena Independência.

Desabafo
O desabafo de Neymar depois do jogo contra o Timbu foi pela falta de iniciativa dos seus companheiros, dentro de campo. O camisa 11 cobrou uma maior movimentação dos demais jogadores, visando criar espaços e facilitando o bom rendimento do time nas partidas.

"Peço para eles aparecerem para jogar, não ficarem apenas olhando para a minha cara, esperando eu fazer alguma coisa", disse Neymar.

O Santos ocupa o 11° lugar no Brasileirão, com 43 pontos ganhos, praticamente livre de qualquer risco de rebaixamento e com chances apenas matemáticas de chegar ao G-4, que garante uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: santosneymarmuricy ramalhobrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG