Em briga acirrada pela artilharia, Fred leva vantagem por causa dos pênaltis

Enquanto o atacante do Fluminense anotou quatro gols de pênalti, Bruno Mineiro, da Portuguesa, e Luis Fabiano, do São Paulo, não fizeram gols em chutes da marca de cal

João Pontes - iG São Paulo |

A briga pela artilharia do Campeonato Brasileiro está emocionante. Faltando apenas seis rodadas para o término da competição, Fred (16 gols), Luis Fabiano (15 gols) e Bruno Mineiro (14 gols) travam uma disputa acirrada. Atual artilheiro da competição, Fred leva vantagem sobre os concorrentes diretos por causa das cobranças de pênalti.

Quem vai ser o artilheiro do Brasileirão? Comente a notícia com outros torcedores

Enquanto o atacante do Fluminense marcou quatro vezes após a marcação da penalidade máxima, Luis Fabiano e Bruno Mineiro não contabilizam gols em chutes da marca de cal. Até agora, o jogador do São Paulo cobrou três pênaltis e perdeu todos. Já o atacante da Portuguesa não bate pênaltis.

Veja as fotos de comemoração dos artilheiros do Campeonato Brasileiro:

Com 100% de aproveitamento nas cobranças de pênalti nesta temporada, Fred mudou seu estilo de bater após a proibição da paradinha. Segundo o atacante, o ideal é não tirar o olho do goleiro e esperar o primeiro movimento do adversário para escolher o canto. “Não olho mais para bola quando vou bater o pênalti”, explicou.

E mais:  Três jogadores atuaram nas 32 rodadas do Brasileiro. Confira quem mais jogou

Vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro, Luis Fabiano perdeu dois pênaltis nas últimas rodadas da competição. Como o São Paulo briga por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, o camisa 9 não quer prejudicar o time e decidiu que não será mais o cobrador oficial.

Confira a classificação e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

“O Rogério Ceni não falou nada sobre o assunto, mas eu falei para ele que, no momento, é melhor eu não bater mais pênaltis”, comentou o atacante do São Paulo após perder uma cobrança na derrota contra o Flamengo.

Segundo triplo empate?

Com a disputa apertada pela artilharia, existe a possibilidade de Fred, Luis Fabiano e Bruno Mineiro terminarem a competição com o mesmo número de gols. Na história do Campeonato Brasileiro, um triplo empate foi registrado apenas uma vez. Em 2008, Kléber Pereira (Santos), Keirrison (Coritiba) e Washington (Fluminense) terminaram o campeonato com 21 gols cada.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG