Após "jogos incríveis", Corinthians vai cumprir tabela contra Vasco

Na Libertadores, equipe paulista eliminou os cariocas em duas partidas tensas e com gol de Paulinho nos últimos minutos do duelo no Pacaembu

Gazeta |

O Corinthians se acostumou a rivalizar com o Vasco recentemente. A equipe carioca foi a principal concorrente na conquista do Campeonato Brasileiro da temporada passada e protagonizou um dos confrontos mais difíceis para os comandados de Tite na campanha vitoriosa da Copa Libertadores da América deste ano. Neste sábado, o reencontro no Pacaembu não terá a mesma importância.

E MAIS: Corinthians renova contrato de Tite e técnico pode quebrar novos recordes

"Mas já fizemos jogos incríveis com o Vasco", recordou o lateral esquerdo Fábio Santos, que só pensa em se preparar para o Mundial de Clubes de dezembro pelo Corinthians. Do outro lado, o adversário seguiu no quinto lugar do Campeonato Brasileiro apesar da derrota por 2 a 1 para o Internacional na noite de quarta-feira e ainda almeja classificação para a próxima edição da Libertadores.

Corinthians ou Vasco? Quem vence o duelo do fim de semana? Deixe seu recado

AP
Cássio brilhou contra o Vasco na Libertadores

Embora o Corinthians já se preocupe exclusivamente com o Mundial do Japão, os últimos confrontos com o Vasco ainda estão frescos nas memórias de seus jogadores. "O Vasco tem sido um adversário complicado, que valorizou muito a conquista do Brasileiro no ano passado. Na Libertadores, fizemos o jogo mais bacana que tive na minha carreira, com muita tensão e adrenalina até aquele gol do Paulinho", comentou Fábio Santos.

O lateral esquerdo corintiano se referiu aos duelos pelas quartas de final do torneio continental. Em São Januário, sob chuva intensa, Corinthians e Vasco empataram por 0 a 0. No jogo de volta, o goleiro Cássio fez uma defesa emblemática em chute do meia Diego Souza, que avançava livre de marcação, e o volante Paulinho garantiu a vitória por 1 a 0 com uma cabeçada no final do segundo tempo.

CONFIRA: Zizao marca gol e até arrisca cruzamento de letra em treino do Corinthians

Meses depois, o Corinthians atravessa um momento oposto ao do Vasco. O time paulista ainda atrai um grande e confiante público ao Pacaembu no Campeonato Brasileiro, mesmo priorizando o Mundial, enquanto o carioca enfrenta cobranças da torcida pela queda de rendimento na competição nacional. "Eles perderam alguns jogadores e caíram um pouco, mas faremos uma grande partida no sábado", previu Fábio Santos.

VEJA: Chicão treina ao lado de Paulo André e volta ao Corinthians contra o Vasco

Por experiência própria, o lateral esquerdo sabe que as cobranças não interferem necessariamente no desempenho de uma equipe. "A pressão que a gente tinha para ganhar a Libertadores era gigantesca. Não há algo parecido em lugar algum. E vencemos", sorriu Fábio Santos, pronto para o reencontro com os vascaínos.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, Vasco e Corinthians já haviam feito um jogo sem as emoções do passado em São Januário. A igualdade sem gols impediu os donos da casa de assumirem a ponta da tabela na ocasião.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: CorinthiansBrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG