O Vasco é o quinto colocado com 50 pontos, cinco a mais que o Inter, que aparece na sexta posição do Campeonato Brasileiro

Carlos Alberto vai seguir no ataque do Vasco
Gazeta Press
Carlos Alberto vai seguir no ataque do Vasco

Um confronto direto na luta pelo G4, a zona de classificação para a Copa Libertadores. Assim pode ser definido o duelo entre Vasco e Internacional, que se enfrentam nesta quarta-feira, às 20h30 (de Brasília), em São Januário, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Vasco é o quinto colocado com 50 pontos, cinco a mais que o Inter, que aparece na sexta posição. E ambos precisam se recuperar de derrotas de 3 a 2 na rodada passada.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Nós temos que manter a esperança, pois vários jogadores do Internacional já passaram por situações que pareciam perdidas no futebol e conseguiram dar a volta por cima. Já conquistei classificações na Europa que eram pouco prováveis. Portanto, não vejo motivo para desespero, ainda mais que no futebol, com a conquista dos três pontos, um time vai do inferno ao céu em poucos jogos", analisou o atacante uruguaio Diego Forlán, um dos líderes do elenco do Inter.

Leia mais:  Vasco reduz preço dos ingressos para jogo diante do Inter

Marcelo Oliveira, técnico do Vasco, chegou a traçar com seus comandados uma espécie de projeção de pontos para se alcançar o objetivo. "Predisamos ter uma média de pontos que nos coloque dentro daquilo que desejamos em termos de classificação final. Algo do tipo sete pontos a cada nove disputados. Mas isso não é fácil e, para ser conquistado, precisa se pensar jogo a jogo. Até porque, nesta reta final as partidas ganham características próprias e surpresas podem acontecer. Temos que ganhar do Internacional de qualquer maneira".

Para este compromisso o Vasco já está definido. Como segue sem poder contar com os atacantes Alecsandro, com dores na coxa direita, e Carlos Tenorio, se recuperando de um estiramento muscular na coxa direita, Marcelo Oliveira vai repetir a formação utilizada contra o Botafogo, tendo Carlos Alberto como companheiro de ataque de Eder Luis.

Veja também:  Inter só faz rachão, mas Fernandão confirma a volta de ‘medalhões’

Pelo lado do Internacional o lateral esquerdo Kléber e o meia Andrés D´Alessandro, barrados contra o Figueirense, reaparecem nas vagas de Fabrício e Cassiano, respectivamente. O lateral direito Nei é outra novidade, já que cumpriu suspensão contra os catarinenses e reassume o setor que tinha ficado a cargo de Edson Ratinho. Já o atacante Leandro Damião, vetado por conta de desgaste muscular, cede o posto a Dagoberto.

FICHA TÉCNICA

VASCO X INTERNACIONAL

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 24 de outubro de 2012 (Quarta-feira)
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-RS) e Fabiano Ramires (ES)

VASCO: Fernando Prass, Jonas, Dedé, Douglas e Wendel; Fellipe Bastos, Nilton, Juninho Pernambucano e Felipe; Eder Luis e Carlos Alberto
Técnico: Marcelo Oliveira

INTERNACIONAL: Muriel, Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kleber; Ygor, Fred, Guiñazú e D'Alessandro; Forlán e Dagoberto
Técnico: Fernandão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.