Na volta para o Brasil, palmeirenses definem derrota como feia e dolorosa

Apesar da atuação sem inspiração na eliminação da Copa Sul-Americana, na Colômbia, a chegada do elenco no aeroporto de Guarulhos foi tranquila

Gazeta |

Os jogadores do Palmeiras voltaram para o Brasil na tarde desta quarta-feira ainda com a eliminação da Copa Sul-americana na cabeça. Derrotados pelo Millonarios por 3 a 0, em Bogotá, na Colômbia, o time não conseguiu aproveitar a vantagem adquirida no Pacaembu (quando venceu por 3 a 1) e agora tem foco total na tentativa de saída da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Barcos, que deveria ser poupado, pediu para jogar, mas pouco conseguiu fazer. Capitão da equipe na partida, já que Marcos Assunção foi poupado para se recuperar das dores no joelho direito, o camisa 9 havia dito que estava envergonhado com a postura do time e revelou ter tido dificuldades para dormir e entender a, para ele, inexplicável derrota.

"Jogamos muito mal, não criamos nada. É um torneio internacional, e temos que correr um pouco mais. Da forma que perdemos, é para ter vergonha", afirmou. "É dolorosa (a derrota), porque nos tira de uma competição que tínhamos esperança, mas parece que nós não queríamos ganhar", acrescentou o artilheiro do clube no ano, com 25 gols.

Leia mais:  Palmeiras volta atrás e anuncia jogo com Botafogo em Araraquara

Apesar da atuação sem inspiração na noite dessa quarta, a chegada do elenco foi tranquila nesta tarde. O voo da delegação pousou no aeroporto de Guarulhos (SP) às 14h30 (de Brasília), e os jogadores levaram cerca de uma hora para aparecerem no saguão. Apenas um torcedor com roupa da torcida organizada da equipe estava próximo, mas não houve manifestações.

Veja também:  Despedida de Marcos já tem 15 mil ingressos vendidos

Um dos líderes do atual elenco, o goleiro Bruno também mostrou não ter explicações para o resultado na Sul-americana. "A derrota foi feia, um resultado que a gente não esperava. Não jogávamos mal assim desde o jogo com o São Paulo (no dia 6 de outubro). Fomos muito pressionados e perdemos para um time que foi muito superior. Merecemos sair fora ontem", completou o arqueiro do Palmeiras, que volta a campo neste sábado, para enfrentar o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: palmeirascopa sul-americana

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG