"Não acho que haja um sistema. Estou convencido que não há. Os jogadores se movimentam muito e se saberia", afirmou o presidente da Uefa

EFE

Michel Platini, presidente da Uefa
AP
Michel Platini, presidente da Uefa

O presidente da Uefa, Michel Platini, afirmou nesta terça-feira que não acredita que possa existir no futebol um esquema de doping organizado e sistemático, como o denunciado no ciclismo com o caso envolvendo Lance Armstrong, banido definitivamente do esporte .

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Não acho que haja um sistema. Estou convencido que não há. Os jogadores se movimentam muito e se saberia", afirmou o ex-atleta e atualmente dirigente, após reunião realizada hoje em Paris, com o comitê organizador da Eurocopa da França em 2016.

Um dos maiores ídolos da história do futebol francês, não descartou, entretanto, "que haja alguém que, eventualmente, tome algo, sem que se saiba". Sobre um esquema amplo, contudo, ele voltou a ressaltar que não é fácil torná-lo realidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.