Barcelona vence Celtic com gol no último minuto e dispara na ponta do Grupo D

O lateral Jordi Alba marcou o gol salvador do time espanhol nos acréscimos e decretou a vitória de virada

Gazeta |

EFE
Jordi Alba completa para o gol no último minuto e define vitória do Barça

Na última bola do jogo, o Barcelona conseguiu vencer o Celtic, em duelo válido pela terceira rodada da Liga dos Campeões. Após cruzamento do brasileiro Adriano, Jordi Alba subiu mais que a zaga adversária e testou para fazer 2 a 1 no Camp Nou, dando mais três pontos para o time catalão, que agora soma nove. Os escoceses, por outro lado, se mantiveram com quatro e perderam a chance de alcançar a ponta.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

No terceiro lugar do Grupo G está o Spartak, que somou seus primeiros pontos pouco mais cedo, ao derrotar o Benfica por 2 a 1. Os portugueses agora são os lanternas, com apenas um empate em três partidas. A quarta rodada está marcada para 7 de novembro, quando Celtic e Barça voltarão a duelar, mas desta vez na Escócia.

Leia mais: Braga sai na frente, mas Manchester United vira e continua líder do Grupo H

Apesar de amplamente superior ao longo do jogo, o Barcelona começou atrás no placar após gol que a Uefa deu a Samaras, mesmo com o último toque de Mascherano, no primeiro tempo. Ainda antes do intervalo, Iniesta fez grande jogada individual e conseguiu empatar. Messi, que está a cinco gols de igualar o recorde de Pelé - que em 1959 balançou a rede 76 vezes no ano - bem que tentou, mas passou em branco.

Veja as melhores fotos da rodada desta terça pela Liga dos Campeões:

O jogo
Antes da partida a dúvida era quem jogaria no ataque catalão: Sanchez ou Pedro. Mas Tito Vilanova acabou optando pelos dois, deixando no banco de reservas Fabregas, que até o momento atuou em todas as partidas do Campeonato Espanhol. O time também estava diferente na defesa. Alba foi escalado na esquerda e Adriano ficou pela direita, substituindo o lesionado Daniel Alves.

Ao contrário do que se imaginou, Montoya não foi improvisado na zaga, que acabou sendo formada pelo volante Mascherano e o jovem Marc Bartra, zagueiro de origem, e cria das categorias de base do Barça. A dupla, porém, não estava afinada e acabou sofrendo logo na primeira vez que o Celtic foi ao ataque, em um rápido contra-ataque que só acabou com falta.

Confira ainda: Brasileiros brilham, Shakhtar vence Chelsea e mantém invencibilidade

Na cobrança, Lustig cobrou com efeito, Samaras desviou e Mascherano, ao tentar afastar, acabou mandando contra a própria meta. A Uefa, porém, acabou dando marcando o jogador do Celtic como autor do lance, por entender que a cabeçada de Samaras já ia em direção ao gol, independentemente do toque do argentino.

Bastante satisfeito com o resultado parcial, o time escocês passou a se preocupar mais em retardar a partida, o que gerou muitas vaias dos torcedores no Camp Nou. Não era simulação, porém, quando o até então herói Samaras ficou caído no gramado após choque com Adriano. O jogador recebeu atendimento médico, mas acabou tendo que deixar a partida para a entrada de Forrest.

Quando o árbitro já se preparava para apitar o intervalo do jogo, aos 45 minutos, Iniesta conseguiu tabelar com Xavi mesmo entre cinco marcadores e mesmo caído tocou para o fundo do gol, empatando a partida no Camp Nou.

A etapa complementar teve o mesmo panorama da primeira, mas sem gols. O Barça seguiu dominando as ações de jogo, com os precisos passes no campo do ataque, mas errou na finalização. Messi, até teve grande oportunidade para marcar, mas parou no goleiro Forster. O Celtic, por sua vez, era perigoso nos contra-ataques, mas a defesa catalã estava mais atenta e impediu novo gol dos visitantes, que já estavam satisfeitos com o resultado. O que eles não esperavam era que no último minuto de jogo, aos 48, Adriano cruzaria para a área e acharia Jordi Alba para restar para o fundo da rede e dar a vitória aos espanhóis.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG