Forte calor carioca atrapalhou o time no jogo contra o Flamengo e diretoria resolveu marcar treina para mais tarde

Flamengo venceu o São Paulo no Rio de Janeiro
Vipcomm
Flamengo venceu o São Paulo no Rio de Janeiro

O jogo contra o Flamengo às 16 horas de domingo, dia em que teve início o horário de verão, desgastou o elenco do São Paulo pelo forte calor no Rio de Janeiro. Atenta a isso, a comissão técnica alterou a programação do elenco a partir desta semana, marcando os treinos um pouco mais tarde.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Em vez de 15h30, os jogadores começarão os trabalhos de tarde, no CT da Barra Funda, trinta minutos depois do habitual. As atividades pela manhã, como a desta terça-feira, véspera do duelo com a LDU de Loja (pelas oitavas de final da Copa Sul-americana, no Morumbi), não sofreram mudança e iniciarão às 9 horas.

Sérgio Rocha, preparador físico do clube, explica o horário de verão exige maior cuidado com a saúde dos atletas. Como o que o trio de arbitragem teve na partida de domingo, ao permitir que as duas equipes pudessem se refrescar à beira do gramado, na metade das duas etapas. "Não há só perda líquida, mas de sais minerais, de lítio, de energia. Isso faz falta ao atleta e pode gerar problemas musculares. Essa parada ajuda muito, e a gente sempre deixa água no campo para o jogador se hidratar", diz.

Leia mais: Patrícia Amorim mantém apoio a Dorival Júnior e aguarda por Adriano

O volante Wellington, que corre mais do que alguns por conta de sua função de marcação, acusou exaustão no segundo tempo e precisou ser substituído pelo meia Cícero. "Estava muito sol, e isso ajuda a ter cãibra", justificou.

Os jogos do primeiro horário de domingo só começarão às 17 horas daqui a duas rodadas, de acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Na próxima, o São Paulo vai a campo às 18h30 de sábado, diante do Sport, no Recife.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.