Volante do Cruzeiro também acredita que faltou mais garra aos jogadores de sua equipe na derrota para o Palmeiras

Tinga discordou de seu técnico e acredita que o Cruzeiro perdeu para ele mesmo diante do Palmeiras
Vipcomm
Tinga discordou de seu técnico e acredita que o Cruzeiro perdeu para ele mesmo diante do Palmeiras

Após o revés contra o Palmeiras, no último sábado, o técnico Celso Roth declarou que o Cruzeiro havia perdido para ele mesmo, o que não agradou ao volante Tinga, que tentou explicar as declarações do comandante celeste. O jogador argumentou que não faltou garra dos atletas em campo, mas que o Palmeiras mostrou vontade por atuar em casa.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"A gente não deixou em nenhum momento de ter garra. Lógico que a equipe da casa, por estar nessa situação, vai mostrar fibra, e parece que tem mais garra que a gente. Acredito que não faltou, mas o fato de jogar fora de casa, cada bola que eles ganhavam eles vibravam e parecia que tinham mais garra", declarou.

Leia mais:  Para Celso Roth, desatenção foi o motivo da derrota do Cruzeiro

Tinga ainda admitiu que o Cruzeiro sabia que o ponto forte do Verdão era a bola parada, mas que a Raposa bobeou. "Quando o treinador diz que perdemos para nos mesmos, é porque sabíamos que a jogada deles para nos atingir era a bola parada. Ficamos chateados com isso, porque a equipe vinha em uma crescente e buscando objetivos dentro da competição. Mas temos que continuar focados porque quinta-feira já tem mais e precisamos ganhar", comentou. O Cruzeiro vai enfrentar a Ponte Preta na próxima quinta-feira, e Tinga quer buscar a reabilitação projetando uma melhor classificação para o time celeste. "Agora, vamos nos preparar para a sequência, no jogo a jogo, para subir ainda mais na tabela, que é o nosso objetivo", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.