Paulinho contraria Tite e não pensa em pedir dispensa da seleção brasileira

"É muito difícil ser convocado e temos de aproveitar", disse o volante do Corinthians nesta segunda-feira

Gazeta |

O técnico Tite já manifestou sua vontade de ver os jogadores do Corinthians dispensados do confronto da seleção brasileira contra a Argentina, pelo Superclássico das Américas. Apesar do desejo do treinador, o volante Paulinho não se mostra disposto a pedir liberação das próximas convocações de Mano Menezes.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Paulinho voltará a jogar pelo Corinthians após folga

"É muito difícil ser convocado e temos de aproveitar. Claro que isso pode prejudicar um pouco a comissão técnica e a diretoria, mas é uma oportunidade para nós, jogadores. Vamos desfalcar, não tem como fugir, mas não dá para deixar de ir", afirmou.

Leia mais:  Paulinho se reapresenta e encerra período de folgas no Corinthians

Por conta da falta de energia elétrica na cidade de Resistencia, o jogo decisivo entre Brasil e Argentina, que deveria ter sido disputado no dia 3 de outubro, foi adiado para 21 de novembro, no estádio La Bombonera, em Buenos Aires.

O duelo não desfalcará as equipes que disputam o Brasileirão, mas o técnico Tite não gostou de saber que pode ficar sem seus atletas durante os treinos da semana, já que pretende aproveitar as atividades para ajustar o Corinthians para o Mundial de Clubes.A convocação para o Superclássico só engloba jogadores que atuam no futebol nacional. Além de Paulinho, os outros corintianos chamados para o primeiro jogo contra a Argentina foram Cássio, Fábio Santos e Ralf. Já Martínez foi convocado pelos argentinos. Todos estavam também no jogo adiado por falta de luz.

"É muito difícil chegar à Seleção e considero um passo muito importante na minha carreira, graças ao grupo do Corinthians também. Tenho de valorizar isso. Mesmo se tiver só cinco minutos em campo, tenho de mostrar por que fui convocado", acrescentou Paulinho.

O volante vem sendo lembrado por Mano Menezes também nos outros amistosos da Seleção, envolvendo jogadores que atuam no exterior. A CBF já anunciou que o Brasil disputará ainda um jogo contra a Colômbia, no dia 14 de novembro, nos Estados Unidos.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: corinthianspaulinhobrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG