Com Neymar, Santos visita ameaçada Ponte Preta em Campinas

O atacante teve um efeito suspensivo concedido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e poderá atuar normalmente na rodada deste final de semana

Gazeta |

Gazeta Press
Neymar foi liberado para jogar

O Santos entrará em campo contra a Ponte Preta, neste domingo, a partir das 18h30 (de Brasília), no Moisés Lucarelli, com praticamente a sua força máxima. Isto porque o atacante Neymar, que corria o risco de não enfrentar a Ponte, teve um efeito suspensivo concedido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e poderá atuar normalmente na rodada deste final de semana.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O atacante havia sido condenada a duas partidas de suspensão pelo STJD, devido a sua expulsão no empate com o Grêmio, no último dia 30, no Estádio Olímpico. O julgamento foi na quarta-feira, no Rio de Janeiro, e o departamento jurídico santista conseguiu o efeito suspensivo para Neymar na sexta-feira.

Com o camisa 11 disponível, o único desfalque do técnico Muricy Ramalho para o confronto diante da Ponte é o lateral-esquerdo Léo. O veterano, com dores na virilha, foi vetado pelo departamento médico do clube. Gérson Magrão será o substituto.

Leia mais:  Em reforma, gramado da Vila tem ambulância em evento infantil

Desta forma, o treinador está confiante em um resultado positivo, mesmo com o time praiano atuando fora de seus domínios, e apesar de ter alertado os seus comandados sobre os perigos oferecidos pela Ponte Preta.

"É sempre muito difícil jogar em Campinas. Vamos procurar a vitória, mas temos que respeitar e muito a Ponte Preta. Eles têm sofrido com altos e baixos nas últimas rodadas, porque têm perdido muitos atletas suspensos. Isso dificulta muito para eles, só que como a Ponte está precisando bastante da vitória, eles vão vir muito fortes. A nossa equipe está bem, mas vai precisar ficar atenta. Vamos enfrentar um adversário de qualidade", opinou Muricy.

Veja também:  Muricy torce para o Palmeiras evitar queda antes da última rodada

Já na Ponte, o sinal de alerta contra a zona do rebaixamento está ligado. A Ponte vem de duas derrotas consecutivas no Brasileirão, ambas fora de casa (para o líder Fluminense e para o Sport), o que obriga a equipe do interior paulista a conquistar um bom resultado diante de Neymar e companhia.

"Temos que olhar para frente e buscar os pontos perdidos fora, ganhar estes pontos dentro de casa. Precisamos trabalhar, levantar a cabeça e conquistar uma vitória no Majestoso", disse o técnico pontepretano, Guto Ferreira.

Para o duelo com os santistas, a Macaca não poderá contar com o zagueiro Tiago Alves e o meia Marcinho, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Em compensação, o treinador da Ponte terá as voltas de Wendel Santos, Roger, Nikão e Ferron para esse importante compromisso em casa, que pode ser determinante para o futuro dos campineiros na competição.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X SANTOS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data:
21 de outubro de 2012, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

PONTE PRETA: Edson Bastos, Cicinho, Ferron, Diego Sacomann e João Paulo; Baraka, Wendel Santos, Renê Júnior e Nikão; Luan e Roger
Técnico:
Guto Ferreira

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Gérson Magrão; Adriano, Henrique, Arouca e Felipe Anderson; Neymar e André (Miralles)
Técnico:
Muricy Ramalho

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: santosponte pretabrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG