Assunção rejeita status de salvador palmeirense: “Herói é o grupo”

Após bater o Cruzeiro por 2 a 0, os jogadores do Palmeiras comemoram muito o resultado, a segunda vitória consecutiva no Brasileirão

Gazeta |

Com dores no joelho direito, o experiente meio-campo Marcos Assunção avisou que jogará no sacrifício nesta reta final de Brasileirão, para tentar salvar o Palmeiras de cair à segunda divisão. Elogiado como grande motivador deste grupo e decisivo na vitória sobre o Cruzeiro, ao dar a assistência para o primeiro gol, o capitão alviverde rejeitou o status de salvador do time paulista nesta reta final de competição.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Herói é o grupo, nós somos os heróis. Estamos todos os dias trabalhando, sob desconfiança, mas sabemos de nossa capacidade, sabemos da nossa responsabilidade, que temos que tirar o Palmeiras desta situação, porque nós que nos metemos nisso. Então somos nós que temos que sair disso. Vamos trabalhar para terminar o ano bem", avisou o jogador na saída do gramado.


Após bater o time mineiro por 2 a 0 na Fonte Luminosa, os jogadores alviverdes comemoram muito o resultado, a segunda vitória consecutiva no Brasileiro. Ainda assim, os mais experientes tentam colocar os pés no chão. "Falta muita coisa ainda, mas estamos aí. São quatro pontos, mas vamos fazer a nossa parte", decretou o lateral Leandro.

Leia mais:  Na volta de Wesley, Palmeiras bate Cruzeiro com dois gols de Barcos

Agora somando 32 pontos em 32 jogos, o Palmeiras ainda está na zona de rebaixamento, mas a quatro pontos do Bahia, primeiro clube fora da zona de rebaixamento. Com foco total no Brasileiro, o Verdão entra em campo nesta terça-feira, para enfrentar o Millonários, da Colômbia, fora de casa, pela Copa Sul-americana.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Apenas no sábado o time volta a jogar pela liga nacional, desta vez diante do Internacional. Para manter o bom momento, o elenco tenta pensar o mínimo nos rivais contra a degola. "Temos que fazer a nossa, no final do campeonato veremos. Se fizermos nossa parte, sairemos desta situação", completou Assunção, que não está garantido para o jogo pelo torneio continental.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: palmeirasmarcos assunção

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG