Amizade de Juninho Pernambucano quase trouxe Malouda para o Vasco

Francês foi companheiro do brasileiro no Lyon entre 2003 e 2007. Os dois se tornaram ícones da fase mais vencedora da história do clube

Gazeta |

Getty Images
Malouda em ação pelo Lyon

Encostado no Chelsea desde o início da temporada, o francês Malouda por pouco não vestiu a camisa do Vasco no começo do ano. Companheiro de Juninho Pernambucano no Lyon de 2003 a 2007, o meia foi convidado pelo amigo, mas o acerto emperrou em questões salariais.

Malouda seria uma boa para o Vasco? Comente a notícia

"Eu tive contato com ele por telefone em janeiro, eu queria ele viesse para o Vasco. Houve contatos, o clube estava muito interessa, mas infelizmente não foi possível por razões financeiras", revelou Juninho Pernambucano ao jornal L’Equipe , da França.

Durante o mês de outubro, enquanto o nome do jogador dos Blues  chegou a ser especulado no Santos, ele segue treinando com a equipe sub-21 do time londrino por decisão do técnico italiano Roberto Di Matteo. Antes incontestável, meia perdeu espaço com as chegas do brasileiro Oscar e do belga Eden Hazard e não faz parte dos planos de renovação do clube dirigido pelo milionário russo Roman Abramovich.

De acordo com as declarações de Juninho, a vinda do francês para o Brasil tem boas chances de acontecer e tem a torcida do ex-companheiro. "Acho que vai ser um pouco difícil no começo, mas, com todas as suas qualidades, ele vai trazer muito para o futebol brasileiro, espero que venha", ressaltou Juninho.

Leia também:  ‘Moralmente abalado', Juninho Pernambucano é absolvido pelo STJD

Nas quatro temporadas em que defenderam o Lyon, Juninho e Malouda ergueram quatro taças do Campeonato Francês (2004, 2005, 2005/06 e 2007) e três da Supercopa da França (2003, 2005 e 2006), além disso, tornaram-se ícones da fase mais vitoriosa da história do clube.

Nascido em Cayenne, na Guiana Francesa, o jogador de 32 anos começou a carreira profissional no Chateauroux, em 1996, quando já conquistou a segunda divisão francesa. Em 2000, acertou sua transferência para o Guingamp, onde permaneceu por três temporadas.

Após a passagem de sucesso no Lyon, foi para o Chelsea. No clube londrino, conquistou um Campeonato Inglês (2010), três Copas da Inglaterra (2009, 2010 e 2012), uma Supercopa da Inglaterra (2009) e o título da última Liga dos Campeões.

Pela seleção francesa, disputou a final da Copa do Mundo de 2006, perdida para a Itália, e participou do vexame da edição seguinte, quando os comandados por Raymond Domenech foram eliminados ainda na fase de grupos na África do Sul.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: VascoJuninho PernambucanoMalouda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG