Pelo alto, Cicinho comanda vitória do Sport sobre a Ponte Preta

Com a vitória por 3 a 1 conquistada no Recife, o Sport chega aos 30 pontos, cinco atrás do Bahia, o primeiro fora da zona de rebaixamento

Gazeta |

Pressionado pela vitória do Palmeiras na última quarta-feira, o Sport recebeu a Ponte Preta na Ilha do Retiro e não decepcionou a torcida. Com a vitória por 3 a 1 conquistada no Recife, o Sport chega aos 30 pontos, cinco atrás do Bahia, o primeiro fora da zona de rebaixamento. Já a Ponte Preta volta a se preocupar com a degola e fica com 37 pontos ao final da 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Depois de um início de jogo sonolento, os donos da casa resolveram apostar nas bolas aéreas e conseguiram construir o placar. Contando com o calibrado Cicinho, que saiu aplaudido pela torcida, Rithely e Tobi abriram a vantagem pernambucana usando a cabeça. No último lance da primeira etapa ainda houve tempo para Giancarlo completar rebote com muita categoria e descontar o marcador. No segundo tempo, Gilsinho caprichou em cobrança de falta e definiu a boa vitória dos mandantes.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Na próxima rodada, a 32ª da competição nacional, o Sport viaja para Goiânia, onde encara o lanterna Atlético-GO, no Serra Dourada, às 18h30 (de Brasília) de domingo. No mesmo dia e horário, a Ponte Preta recebe o Santos no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Gazeta Press
Jogadores do Sport vibram com o primeiro gol da partida

O jogo - Apesar da necessidade da vitória, as duas equipes demoraram mais de 20 minutos para chegar ao ataque com perigo. Atuando no contra-ataque, a Ponte foi a primeira a assustar, mas Saulo se esticou com estilo para defender chute colocado do garoto Luan.

Instantes depois, o Sport castigou. Cicinho fez ótima jogada individual pela direita, levantou a cabeça e cruzou na medida para Rithely subir nas costas da defesa e testar firme em direção ao chão. A bola bateu no gramado, encobriu Edson Bastos e morreu no fundo do gol. Cicinho voltou a caprichar e, em cobrança de escanteio seis minutos depois, encontrou Tobi na grande área. O capitão rubro-negro subiu mais do que a zaga e cabeceou com muita força no ângulo superior esquerdo do goleiro paulista.

Gazeta Press
Lance da partida entre Sport e Ponte Preta

Quando a torcida já comemorava o resultado parcial, a Ponte Preta mostrou poder de reação. Renê Júnior saiu de dois zagueiros e bateu para ótima defesa de Saulo. Os zagueiros cochilaram e Giancarlo mostrou oportunismo e categoria para bater por cobertura e diminuir a vantagem.

A Ponte voltou mais ligada do intervalo e perdeu uma grande chance logo aos cinco minutos. João Paulo deixou Luan na cara do gol, mas a revelação pegou muito mal na bola e desperdiçou a oportunidade clara. Presa na marcação adianta do Sport, a Macaca só assustou de novo em chute de longe de João Paulo, mas a bola saiu à esquerda do goleiro Saulo.

Administrando o resultado, o Sport pouco assustava Edson Bastos, até Gilsinho ser derrubado na entrada da área e pegar a bola para bater falta perigosa. Com categoria, o camisa 25 surpreendeu o goleiro e marcou um golaço. No lance seguinte, Gilberto recebeu na grande área e bateu forte para Edson Bastos salvar a Ponte de uma goleada na Ilha do Retiro.

Confira as fotos dos jogos desta quinta-feira:


FICHA TÉCNICA
SPORT 3 x 1 PONTE PRETA

Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data: 18 de outubro de 2012 (quinta-feira)
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa-MG) e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)
Cartões amarelos: Moacir, Felipe Azevedo, Gilsinho e Saulo (Sport); Diego Sacoman, Tiago Alves, Marcinho, Renê Júnior e Ricardinho (Ponte Preta)

Gols:
SPORT: Rithely, aos 32, e Tobi, aos 38 minutos do primeiro tempo; Gilsinho, aos 36 minutos do segundo tempo
PONTE PRETA: Giancarlo, aos 46 minutos do primeiro tempo

SPORT: Saulo; Cicinho (Renato), Diego Ivo, Aílson e Reinaldo (Renê); Tobi, Moacir, Rithely e Marquinhos Gabriel (Gilberto); Gilsinho e Felipe Azevedo
Técnico: Sérgio Guedes

PONTE PRETA: Edson Bastos, Cicinho, Tiago Alves, Diego Sacoman e João Paulo; Baraka, Renê Júnior e Marcinho (Ricardinho); Luan, Giancarlo (André Luis) e Rildo (Tony)
Técnico: Guto Ferreira

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: sportponte preta

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG