Mourinho provoca o Barcelona, e Tito Vilanova retruca o técnico do Real

Português fez questão de alfinetar a seca de títulos do seu arquirrival e dizer que o estilo de jogo da equipe não é mais contagiante na Europa

Gazeta |

José Mourinho voltou a atacar e não poupou os seus rivais de novas provocações. Em entrevista publicada pela revista France Football , o treinador do Real Madrid disparou contra o padrão de jogo apresentado pelo rival Barcelona e se negou a classificar o milionário Paris Saint-Germain como uma grande equipe. A nova polêmica também mexeu com o técnico catalão, Tito Vilanova, que rebateu as declarações do luso.

A questão envolvendo o Barcelona veio de um pedido feito por Mourinho. O comandante merengue clamou para que as perguntas sobre o rival espanhol cessassem ao longo da entrevista. No entanto, a sua postura com relação ao clube da Catalunha não foi nem um pouco comedida. O técnico fez questão de alfinetar a seca de títulos do seu oponente e dizer que o estilo de jogo da equipe não é mais contagiante na Europa.

AFP
José Mourinho e Tito Villanova

"Acho que chegou o momento das pessoas falarem menos do Barcelona, e que elas parem de fazer comparações. Por que falar do Barça? O Real Madrid é o atual campeão espanhol, o Chelsea é campeão o europeu, e o Barcelona não é campeão de nada neste momento", declarou.

A resposta para o português veio do próprio comandante do Barça. Substituto de Pep Guardiola, o técnico Tito Vilanova ignorou o pensamento de Mourinho e viu o seu time como o atual campeão do mundo. "Existem coisas inegáveis. O campeão da Europa é o Chelsea, e o da Espanha é o Real Madrid. Mas o Barcelona é campeão do mundo."

Ao fugir de qualquer outro questionamento sobre o Barcelona, José Mourinho voltou o seu foco para os franceses do Paris Saint-Germain. O clube foi adquirido por um investidor árabe e passou a fazer contratações milionárias para manter vivo o sonho de conquistar o inédito título da Liga dos Campeões. Para o português, entretanto, o dinheiro injetado na equipe não a fará ser merecedora do principal título do Velho Continente.

"Lisboa, Londres, Madri, Milão... Quase todas as grandes cidades têm uma grande equipe, e continuo sem ver Paris nesta lista. O PSG não é uma grande equipe. É um bom time, com grandes jogadores, e pode melhorar. Mas se me perguntarem se Leonardo e Carlo Ancelotti são merecedores do títulio da Liga dos Campeões, eu direi que não", finalizou o polêmico treinador do Real Madrid.

Na próxima rodada do Campeonato Espanhol, o time da capital espanhola tentará diminuir a vantagem de oito pontos que o Barcelona abriu na liderança do Nacional. O time da Catalunha aparece com 19, enquanto os merengues estão com 11. O compromisso que Mourinho terá pela frente será ante o Celta de Vigo, às 13 horas (de Brasília) deste sábado, no Santiago Bernabéu.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG