Corinthians faz campanha para ganhar sócios de fora da capital paulista

Torcedores que moram a mais de 100km de São Paulo também teriam direito de votar para presidente

iG São Paulo | - Atualizada às

AP
Corintianos de fora de São Paulo podem ser sócios

Em campanha para ampliar o número de torcedores no seu quadro associativo, o Corinthians divulgou nesta sexta-feira um projeto para atrair fãs do clube que moram fora da cidade de São Paulo. O time vem jogando com uma camisa que divulga a campanha e vêm desde o mês passado adotando medidas de reaproximação dos sócios já cadastrados. A medida visa aumentar o número de pessoas com condições de votar para presidente do clube. 

Corinthians lança plano para atrair sócio-torcedor ao processo eleitoral

Torcedores que comprovem residir em cidades distantes a mais de 100km de São Paulo poderão escolher entre dois planos para se associar ao clube. 

Leia também:  Corinthians dá desconto para sócios em atraso e tenta ampliar eleitores

As opções para o torcedor de fora de São Paulo são: título individual (R$ 400, parcelados em  quatro vezes ou R$ 495 em 12 vezes) com manutenção de (R$ 480 por ano, à vista ou 80 por mês); título familiar (R$ 550, parcelados em até quatro vezes ou R$ 675 em até 12 vezes) com manutenção de R$ 660 por ano (à vista ou 110,00 por mês).

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Este é um processo diferente do "Fiel Torcedor", programa de fidelidade exclusivo para compra de ingressos. Associados deste programa pagam o mesmo preço para se associarem ao clube. Torcedores de São Paulo que não são cadastrados no "Fiel Torcedor" pagam o dobro dos valores divulgados.

"O Corinthians tem 30 milhões de torcedores, mas no fim só uns 3 mil votam. Isso é pouco. Com 3 mil para definir, é muito pouco”, disse o presidente Mário Gobbi antes de ser eleito em fevereiro, prometendo ações para ampliar o número de sócios. Cerca de 3,2 mil associados votaram no último pleito.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: corinthianssóciosmário gobbi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG