Com gramado plantado, novo estádio do Grêmio entra na fase final de obras

Abertura do estádio está marcada para 8 de dezembro em amistoso contra o Hamburgo

iG Porto Alegre |

Divulgação/Grêmio
Gramado começou a ser plantado na arena do Grêmio nesta semana

A nova casa do Grêmio já está nas etapas finais de conclusão de suas obras, atualmente com mais de 90% de andamento. Nesta sexta-feira foram plantadas as primeiras mudas no gramado da Arena Grêmio, que vai nascer como um dos mais modernos do futebol brasileiro. A inauguração está programada para o dia 8 de dezembro. O Hamburgo, rival do Grêmio no Mundial de 1983, será o adversário do time gaúcho.

"Não houve economia no sentido de termos qualidade. Estamos adotando o que há de mais tecnológico no mundo. Em dez dias devemos cortar o gramado e ele deve estar pronto dias antes do primeiro jogo", garante Maristela Kuhn, agrônoma responsável pelo projeto do gramado do estádio.

Segundo Maristela, o sistema de drenagem e o tipo de grama escolhidos pelo Grêmio são inéditos no futebol brasileiro, possibilitando a realização de jogos sem problemas em casos de chuva forte ou de pouca incidência de sol, caso que poderia prejudicar o crescimento do gramado.

"A arena tem muita sombra e foram escolhidas espécies de grama novas no país, já utilizadas na Europa e Estados Unidos e mais adaptadas ao sombreamento. Já a drenagem é inédita no Brasil. Há canos enormes enterrados e atrás de uma das áreas de gol há uma casa enterrada com uma bomba e separação de ar. Na ocorrência de chuvas fortes poderemos acionar o vácuo através de um botão. A drenagem já é muito eficiente, mas o sistema de vácuo multiplica por quatro. A chance de acontecer um interrupção ou cancelamento de jogo é zero", garante.

Com sistema de irrigação funcionando, a previsão para que o gramado esteja em condições ideais para receber partidas é de sete semanas, período que coincide com a data do jogo entre Grêmio e Hamburgo.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: grêmioarenaestádioobrashamburgo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG