Bruno Mendes decide e Botafogo vence o Vasco de virada no Engenhão

Atacante do Botafogo marcou duas vezes e decidiu a vitória de sua equipe no clássico desta quinta

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Recém-chegado do Guarani, o atacante Bruno Mendes decidiu o clássico a favor do Botafogo contra o Vasco, nesta quinta, no Engenhão. A equipe comandada por Oswaldo de Oliveira venceu o rival por 3 a 2, com direito a gol nos acréscimos.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Em partida equilibrada desde o início, Carlos Alberto abriu o placar para os vascaínos, mas Elkeson empatou. O meia, improvisado como atacante nesta quinta, fez o seu segundo e ampliou para os vascaínos ainda no primeiro tempo.

Leia mais:  São Paulo vence o lanterna e encosta no terceiro colocado

Após o intervalo, o jogo continuou parelho e Bruno Mendes igualou para os botafoguenses. Já no fim da partida, o novo atacante do Botafogo fez o gol da vitória nos acréscimos.

Confira a classificação atualizada do Brasileiro

Com a vitória, o Botafogo se reabilita e vai a 44 pontos na tabela, chegando à 7ª posição. Já o Vasco fica ainda mais longe do G4 do Brasileiro e estaciona nos 50 pontos, vendo o São Paulo se distanciar na quarta colocação.

Na próxima rodada, o Botafogo vai a Florianópolis encarar o Figueirense, enquanto o Vasco recebe o Internacional. As duas partidas acontecem na quarta-feira.

Veja fotos da rodada desta quinta do Brasileiro:

O jogo
Diante de um público muito pequeno, Botafogo e Vasco iniciaram a partida de forma cautelosa, porém equilibrada. Como Alecsandro e Tenório estão lesionados, o técnico Marcelo Oliveira precisou improvisar Carlos Alberto como atacante, ao lado de Eder Luis. Já o Botafogo entrava com uma formação mais ofensiva, com a entrada do atacante Bruno Mendes ao lado de Elkeson.

O Vasco abriu o marcador aos 24 minutos. Felipe Bastos lançou Eder Luis pela direita. O atacante penetrou e cruzou para Carlos Alberto, de letra, e mandar a bola para as redes, sem chances de defesa para o goleiro Jéfferson. Carlos Alberto não marcava em jogos do Brasileiro da série A há 52 jogos.

Gazeta Press
Jogadores do Botafogo celebram o gol de Elkeson

A reação do Botafogo não demorou. Aos 29 minutos, Bruno Mendes se infiltrou pela direita e cruzou, Juninho Pernambucano tentou cortar e colocou a bola nos pés de Elkeson que só teve trabalho de empurrar para o gol.  O Vasco ampliou no fim do primeiro tempo. Felipe ganhou dividida com Dória no lado direito da grande área e passou para Carlos Alberto, livre, tocar para as redes.

Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo, mas o Botafogo, em desvantagem no marcador, adotou uma postura mais ofensiva. Aos cinco minutos, Seedorf cobrou falta na entrada da área e Fernando Prass e defendeu parcialmente e a zaga apareceu para aliviar o perigo. O Vasco encontrava dificuldades para trocar passes e não conseguia construir boas jogadas ofensivas.

O Botafogo empatou aos 29 minutos. Gabriel recebeu a bola no lado direito e cruzou fechado. Bruno Mendes chegou antes de Dedé e tocou no canto esquerdo de Fernando Prass.

O Botafogo ficava mais tempo com a bola, enquanto o Vasco tentava dar velocidade ao jogo, através dos passes de Juninho Pernambucano para Eder Luis.

A partida ficou muito truncada e com poucas chances de gol. Aos 40 minutos, Juninho cobrou falta e o goleiro Jéfferson quase deixou a bola passar, mas se recuperou, antes que a bola entrasse.

Quando os dois times pareciam conformados com o resultado, Bruno Mendes recebeu na entrada da área e mandou uma bomba rasteira no canto esquerdo, sem chances de defesa para Fernando Prass, e garantiu a virada do Botafogo.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 3 X 2 VASCO

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 18/10/2012 - 21h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (Fifa - RJ) e Wagner de Almeida Santos (RJ)
Renda e público: R$ 105.050,00/ 5.015 pagantes
Cartões amarelos: Márcio Azevedo, Seedorf e Elkeson (BOT); Wendel (VAS)
Gols: Carlos Alberto aos 24, Elkeson aos 29 e Carlos Alberto aos 37 do 1º tempo;Bruno Mendes, aos 29 e aos 48 do 2º tempo

BOTAFOGO: Jefferson; Jadson, Antônio Carlos, Dória e Márcio Azevedo; Gabriel, Renato (Marcelo Mattos), Fellype Gabriel (Lodeiro), Elkeson (Rafael Marques) e Seedorf; Bruno Mendes. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

VASCO: Fernando Prass; Jonas (Jhon Cley ), Dedé, Douglas e Wendel; Nilton, Fellipe Bastos (Eduardo Costa), Felipe (Thiago Feltri) e Juninho; Eder Luis e Carlos Alberto. Técnico: Marcelo Oliveira.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: botafogovascobrasileirão 2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG