São Paulo recebe Atlético-GO no Morumbi em busca da quarta vitória seguida

Contra o lanterna do Brasileirão, time paulista tenta manter boa fase para se firmar no G4

Gazeta |

Futura Press
São Paulo enfrenta lanterna para embalar

Conformado com a perda do título do Campeonato Brasileiro deste ano, o São Paulo deixou de almejar apenas a conquista de uma vaga no G-4 e passou a encarar a vice-liderança como o seu principal objetivo na temporada. Com a nova mentalidade em vista, o São Paulo tentará dar o seu primeiro passo nesta caminhada contra o lanterna Atlético-GO, às 21 horas (de Brasília) desta quinta-feira, no Morumbi.

A tarefa, entretanto, não será das mais fáceis. O time paulista sofreu no primeiro turno com a surpreendente postura ofensiva de seu adversário e saiu do Serra Dourada com uma amarga derrota por 4 a 3. A fim de evitar um novo resultado desagradável, o São Paulo se apoiará na sequência de seis jogos invictos e na ausência de desfalques para conquistar os três pontos na 31ª rodada do Brasileirão.

Embora tenha vencido o Figueirense por 2 a 0, na última rodada, o São Paulo terá novas alterações na equipe que irá a campo. Pela primeira vez desde que assumiu o clube, em julho deste ano, Ney Franco poderá escalar todos os seus titulares no time principal. De volta da Seleção Brasileira, o meia Lucas foi confirmado no setor ofensivo, assim como o volante Denilson, que está completamente recuperado de uma lombalgia.

Com estas duas mudanças, Maicon e Douglas voltam para o banco de reservas, uma vez que o esquema 4-3-3 será mantido pelo treinador. "A definição com três atacantes deu uma velocidade maior. Os resultados continuarão aparecendo com a equipe jogando bem. Tudo acontece aqui no momento certo e isso criou um ambiente legal.

Veja como foi o confronto do primeiro tempo entre Atlético-GO e São Paulo

Cada um na sua área fazendo o seu papel", destacou o comandante são-paulino. Já com relação ao seu adversário, Ney Franco procurou adotar um discurso cauteloso e não se iludiu com a última colocação ocupada pelo Atlético-GO no Campeonato Brasileiro. Na rodada anterior, os goianos surpreenderam o Internacional e conquistaram uma importante vitória de virada, por 3 a 1. O triunfo levou o time para os 23 pontos e manteve o resquício de esperança que o clube ainda nutre para permanecer na elite do futebol nacional.

"Eles se entregaram e viraram sobre o Inter. Vai ser um jogo muito difícil. Eu prefiro ir por esse caminho. É uma equipe que ainda tem chances de sair do rebaixamento. Está difícil, mas geralmente são jogos como esse que dão uma virada de mesa na equipe. Nós temos que pensar igual ao jogo contra o Figueirense e estarmos cientes de que um time no último lugar não significam três pontos computados", emendou o treinador.

O temor demonstrado por Ney Franco serviu para que o São Paulo permanecesse em alerta com o Atlético-GO. Mas as declarações dadas pelo comandante serviram para que o próprio Atlético-GO voltasse a confiar em um novo resultado positivo. Empolgados com a vitória sobre o Inter, os goianos não se intimidaram com o mando de campo adversário e projetaram a conquista de uma vitória em pleno Morumbi.

"A força do São Paulo em casa é indiscutível. Mas quem sabe não podemos voltar para Goiânia com os três pontos", comentou o zagueiro Gustavo, em entrevista ao site oficial do clube. O atleta será o responsável por segurar o ímpeto dos São Pauloes ao lado de Diego Giaretta, que chamou a atenção por subir com qualidade ao ataque.

Livre de jogadores suspensos por cartões, o técnico Artur Neto poderá repetir a escalação que mandou a campo no último fim de semana. A tendência é que o treinador opte por força máxima e mantenha o mesmo esquema tático com duas linhas de quatro. Na frente, a dupla de ataque terá o experiente Felipe e o já rodado Ricardo Bueno.

FICHA TÉCNICA -  SÃO PAULO X ATLÉTICO-GO

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 18 de outubro de 2012, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (ASP-Fifa/RS)
Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno (Fifa/RJ) e Marcelo Bertanha Barison (CBF/RS)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington e Jadson; Lucas, Osvaldo e Luis Fabiano.
Técnico: Ney Franco

ATLÉTICO-GO: Márcio; Adriano, Diego Giaretta, Gustavo e Eron; Dodó, Marino, Mahatma e Ernandes; Felipe e Ricardo Bueno.
Técnico: Artur Neto

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: são pauloatlético-gobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG