Presidente do Cruzeiro nega oferta milionária por técnico chileno

"Estamos satisfeitos com Celso Roth, agora que o trabalho dele está surtindo efeito", avaliou Gilvan Tavares

Gazeta |

O presidente do Cruzeiro , Gilvan de Pinho Tavares, desmentiu o interesse do clube na contratação do técnico Jorge Sampaoli, que dirige a Universidad de Chile. O treinador deu declarações afirmando ter uma proposta do time mineiro de US$ 3,5 milhões (cerca R$ 7,1 milhões) para comandar o time na próxima temporada, oferta negada pelo dirigente celeste, que entende que isso foi uma jogada de empresários para valorizar Sampaoli, cotado para assumir a seleção de seu país.

E MAIS: Celso Roth aprova atuação do Cruzeiro contra o Corinthians, mas evita euforia

Getty Images
Jorge Sampaoli, técnico da Universidad de Chile

"Isso é salário dos técnicos que mais ganham no mundo. Não vamos investir isso. Foi uma sondagem quando trocamos de treinador. Ele é um treinador muito bom, tem conduzido bem. Mas estamos satisfeitos com Celso Roth, agora que o trabalho dele está surtindo efeito. Enxergamos esperteza de empresário", disse.

Sampaoli é o nome ideal para o Cruzeiro? Deixe seu recado e comente a notícia

Gilvan Tavares admitiu, no entanto, que Jorge Sampaoli já foi procurado para pelo Cruzeiro antes da contratação de Roth, que está prestigiado no time celeste. Para o mandatário cruzeirense, é bom que profissionais como o chileno tenham desejo de trabalhar na Raposa.

"É muito bom que ele tenha vontade de vir para cá. Quando estávamos sem treinador tentamos trazê-lo. Mas é hora de pensar em nosso time, nosso técnico. Estava acompanhando o trabalho do Celso Roth, mas faltava uma coisa na própria equipe. E isso era recuperar atletas, como o Marcelo Oliveira, que se recuperou. O Montillo estava machucado durante um tempo, mas, hoje, o Cruzeiro compete em igualdade com qualquer time do Brasil", encerrou.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: CruzeiroJorge SampaoliChileUniversidad de Chile

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG