Portuguesa e Flamengo empatam e não se afastam da zona da degola

O resultado não foi bom para nenhuma das equipes, que seguem próximas da zona de rebaixamento do Brasileirão

Gazeta |

Gazeta Press
Luís Ricardo e Renato disputam bola no Canindé

Em uma partida ruim tecnicamente, mas com alguns bons lances, Portuguesa e Flamengo ficaram no empate por 0 a 0, nesta quarta-feira, no Canindé. O resultado não foi bom para nenhuma das equipes, que seguem próximas da zona de rebaixamento. Enquanto os rubro-negros estão com 37 pontos, em 15º, a Lusa tem um ponto a mais, na 13ª colocação.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A Portuguesa foi um pouco melhor no primeiro tempo, mas não criou muitas chances para abrir o placar. Já na etapa final, o Flamengo foi superior e viu o atacante Vagner Love perder duas grandes chances. Na próxima rodada, o Flamengo terá pela frente o São Paulo, no Engenhão, no domingo. Já a Portuguesa também joga no mesmo dia, só que em Recife, contra o Náutico.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

O jogo

A Portuguesa iniciou a partida buscando ter o controle da posse de bola. Os donos da casa procuravam mais o ataque e quase abriram o placar aos dez minutos. Após cruzamento de Ananias, Léo Silva apareceu para cabecear, mas viu a bola bater na trave de Felipe. No rebote, Ivan demorou a finalizar e chutou em cima da zaga rubro-negra. O Flamengo tentava avançar, mas parava nos erros de passe no setor ofensivo.

Depois do começo mais movimentado dos paulistas, o Flamengo conseguiu equilibrar as ações, mas só criou sua primeira oportunidade aos 28 minutos. Vagner Love recebeu passe, driblou um defensor, só que chutou a direita do gol de Dida. A resposta da Portuguesa veio sete minutos depois. Em um ataque rápido, Ivan cruzou rasteiro e Bruno Mineiro se antecipou para finalizar. Para azar dos donos da casa, a zaga carioca chegou a tempo de travar o atacante.

Gazeta Press
Vágner Love lamenta jogada errada do Flamengo no Canindé

Nos minutos finais, a Portuguesa voltou a chegar com perigo e por pouco marcou o primeiro gol aos 41 minutos. Depois de cobrança de escanteio, Valdomiro cabeceou livre, mas viu Felipe fazer grande defesa para salvar os visitantes. Ainda antes do intervalo, os donos da casa tiveram outra oportunidade, com Ferdinando, mas acabou indo para o intervalo com a igualdade sem gols.

O Flamengo voltou para o segundo tempo com mais disposição e ameaçou a Portuguesa por duas vezes antes dos cinco minutos. Primeiro, Vagner Love recebeu a bola, se livrou de dois marcadores, mas chutou para fora. Depois, foi a vez de Liédson arriscar da entrada da área e obrigar Dida a fazer boa defesa. A resposta paulista veio em seguida quando Ivan tentou o gol e viu Felipe espalmar para escanteio.

Melhor em campo, os rubro-negros desperdiçaram chance incrível aos dez minutos. Após cruzamento de Ramon, Vagner Love se antecipou a Dida, ajeitou a bola, mas finalizou na trave. Três minutos depois, novamente Vagner Love perdeu boa chance. Amaral cruzou para o Artilheiro do Amor chegar de carrinho e ver a bola bater no travessão.

Depois dos lances, a Portuguesa melhorou na marcação e passou a impedir a criação de boas jogadas por parte do Flamengo. No entanto, os paulistas seguiam sem levar perigo ao gol de Felipe e vendo os cariocas terem mais posse de bola no Canindé. Somente aos 33 minutos os visitantes voltaram a ter boa chance de abrir o placar. Os rubro-negros trocaram passes perto da área e a bola sobrou para Ramon. O lateral esquerdo passou por um marcador e finalizou para grade defesa de Dida.

Nos minutos finais, a Portuguesa passou a dominar as ações e tentou impor uma pressão sobre o Flamengo. No entanto, a zaga carioca segurou o resultado e saiu de campo com um ponto somado em São Paulo.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: FlamengoPortuguesaBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG