Italiano que denunciou tentativa de suborno é contratado pelo Aston Villa

Ex-jogador Simone Farina treinará crianças de projetos ligados à equipe inglesa e se diz "honrado" com o novo emprego

EFE |

EFE

Getty Images
Simone Farina (à esquerda) foi nomeado embaixador do fair play da Fifa

O ex-jogador Simone Farina, famoso por denunciar uma tentativa de suborno para combinar o resultado de uma partida na Itália, é o novo técnico comunitário do Aston Villa, de acordo anúncio feito pela Fifa nesta quarta-feira.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Farina foi nomeado neste ano como embaixador do fair play da Fifa e agora treinará as crianças de projetos ligados à equipe inglesa. Ele terá funções como a de expandir o programa juvenil do clube sobre a integridade no esporte.

"Para mim é muito importante seguir trabalhando no mundo do futebol. Há um ano, não pensava que minha vida fosse tomar este rumo. É uma honra que tenham confiado em mim para esta tarefa. Sei que fiz o correto quando me neguei a participar da combinação. Minha mensagem aos jovens é simples: aprender a respeitar as regras e fazer o bem", disse Farina, em comunicado divulgado pela entidade.

Leia mais sobre futebol inglês no blog God Save the Ball

Quem elogiou o ex-atleta foi o presidente da Fifa, Joseph Blatter. "Estou muito orgulhoso de Simone. Queremos que o futebol seja limpo, transparente e honesto. Os jogadores que defendem nosso esporte contra a combinação de partidas são modelos para a sociedade, principalmente para as crianças. Quero dar parabéns tanto ao Aston Villa, quanto a Simone, e os desejo o maior dos sucessos em seu trabalho conjunto", declarou Blatter.

Farina foi nomeado no início desse ano como embaixador do fair play da Fifa, após entrar em contato com a Polícia para denunciar que haviam oferecido 200 mil euros para combinar o resultado de um jogo da Copa Itália no ano passado, em que atuaria por seu último clube, o Gubbio.

Leia mais sobre futebol italiano no blog Tripletta

O ex-jogador seguirá sendo embaixador contra a combinação de resultados da Interpol e da Fifa, organizações que se uniram em maio de 2011 para lutar contra a corrupção, a combinação de partidas e o crime organizado vinculado as apostas ilegais.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: Futebol MundialItáliaInglaterraAston VillaSimone Farina

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG