Mano aprova time sem camisa 9 e acredita que sua seleção está no caminho certo

Esquema sem centroavante dá espaço para volantes e meias e ataque aparecerem funciona

iG São Paulo |

Mowa Press
Mano Menezes gostou da exibição da seleção brasileira

Os 10 gols marcados contra Iraque e Japão animaram o técnico Mano Menezes a manter um esquema sem centroavante para a seleção brasileira . Com Neymar sendo o principal nome do ataque e sem um camisa 9 como Leandro Damião, a equipe tem mostrado evolução e o treinador aponta que este deve ser o caminho do time a partir de agora.

Leia também: Brasil goleia o Japão com gols de Paulinho, Neymar e Kaká

"Estamos trabalhando com a ideia de deixar o time sem referênca há bastante tempo. E isso só se faz com um meio campo para dar sustentação e que tenha entendimento de jogo. E estamos conseguindo isso", comentou.

E mais:  Kaká celebra mais um bom jogo e espera mais sequência na seleção e no Real

O treinador lembrou da goleada por 8 a 0 na China, em 10 de setembro, quando a ampla vantagem foi atribuída exclusivamente à fragilidade dos chineses, 85º colocados no ranking mundial. "Uma parte do que tinha acontecido lá (em Recife, no amistoso contra os chineses) já era mérito da seleção. Já se mostrava que do jeito que construiu não era algo que tinha só relação com qualidade do adversário", avaliou o treinador.

O Japão, com uma seleção muito mais entrosada e respeitada no cenário internacional, vinha de vitória contra a França em Paris. "Já tínhamos jogado muito bem contra China e Iraque. Mas contra um adversário mais bem qualificado, como o Japão, que vinha de vitória sobre a França, o resultado e a atuação merecem outro destaque", lembrou Mano.

"A seleção brasileira está evoluindo. Tenho certeza que todos vocês saem daqui com esse sentimento e confiantes que podemos melhorar mais ainda", concluiu.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: seleção brasileiramano menezescopa 2014neymar

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG