Kleina tira Tiago Real e arma Palmeiras com o jovem meia Patrick Vieira

Meia de 20 anos de idade entrou no segundo tempo do jogo contra o Náutico e deve ganhar chance entre os titulares

Gazeta |

Gazeta Press
Gilson Kleina, técnico do Palmeiras

O técnico Gilson Kleina está em busca de algo novo para fazer o Palmeiras tirar os nove pontos de desvantagem para o Bahia, rival desta quarta-feira e primeiro clube fora da zona de rebaixamento do Brasileirão . Por isso, fez uma aposta no coletivo desta terça de manhã: colocou o jovem meia Patrick Vieira entre os titulares. Tiago Real, então escolhido para a posição, trabalhou entre os reservas na atividade realizada no campo anexo da Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Como o Palmeiras deve ser escalado para a próxima partida do Brasileirão? Comente

Aos 20 anos, o armador foi uma das peças da categoria de base pinçadas pelo antecessor de Kleina, Luiz Felipe Scolari. Já sob a gerência do ex-comandante da Ponte Preta, Patrick Vieira entrou no segundo tempo da derrota para o Náutico e é mais uma opção testada pelo técnico para fazer o Palmeiras criar mais chances de gol.

Contra o São Paulo, Valdivia e Daniel Carvalho foram os escolhidos, mas a equipe foi mal naquela derrota por 3 a 0. No revés contra o Coritiba, Tiago Real foi o meia titular e diante dos pernambucanos o camisa 23 recebeu a ajuda de Mazinho, que deu a vaga para Patrick Vieira no segundo tempo. Com nenhuma das formações, porém, o time conseguiu marcar.

Leia também:  Aconselhado a ficar distante, Tirone diz que 'sangra' e é ameaçado

Na defesa, Leandro Amaro fará sua segunda partida como titular. Normalmente reserva, o camisa 13 atuou diante do Timbu, por conta da suspensão de Maurício Ramos. Este volta a ficar à disposição e retoma sua vaga, enquanto Thiago Heleno, expulso nos Aflitos, é quem ficará fora nesta 31ª rodada.

Com esta escolha, Henrique, também de volta após ficar fora por acúmulo de cartões amarelos, forma o meio-campo com João Denoni, Márcio Araújo e o meia Patrick Vieira. Depois de reestrear diante do Coritiba, Leandro será mais uma vez titular na lateral esquerda, já que Juninho foi expulso na rodada passada.

Luan e Obina formaram o ataque no coletivo, mas o primeiro deve fazer dupla de frente com Barcos. Convocado pela Argentina para a disputa das Eliminatórias para a Copa de 2014, o camisa 9 pode atuar nesta terça, diante do Chile, pela competição de seleções. Mesmo assim, o Pirata deve se juntar à delegação alviverde já em Salvador (BA) para o jogo marcado às 19h30 (de Brasília), no estádio de Pituaçu.

E mais:  Com aproveitamento atual, Palmeiras pode "quebrar recorde" no rebaixamento

Por conta das opções reduzidas, o coletivo desta manhã precisou ser até completado pelo preparador físico Fabiano Xhá, o auxiliar Narciso, além de um assessor de imprensa do clube. Ainda são desfalques os volantes Marcos Assunção, que ficou em São Paulo para tratar as dores no joelho direito, Correa, com um incômodo na coxa direita, e o atacante Maikon Leite, com edema na coxa esquerda.

O meia Daniel Carvalho, por sua vez, ficou na capital paulista para melhorar sua forma física. Desta forma, o time escolhido por Kleina foi: Bruno; Artur, Leandro Amaro, Maurício Ramos e Leandro; Henrique, João Denoni, Márcio Araújo e Patrick Vieira; Luan e Obina.

Confira ainda:  "Estamos colhendo o que plantamos", diz ex-goleiro Marcos

Antepenúltimo colocado do Brasileiro após 30 rodadas, o Palmeiras tem 26 pontos e não vence há duas semanas, quando bateu o Millonários, da Colômbia, pela Copa Sul-americana. Para se livrar da Série B, nas contas da comissão técnica, o time precisa vencer seis dos últimos oito jogos que tem no torneio nacional.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: palmeirastiago realpatrick vieirabrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG