Com dúvidas, Marcelo Oliveira despista sobre escalação em treino

Treinador procurou confundir ao máximo quem observava a movimentação, fazendo trocas e armando o time principal com menos de 11 jogadores

Gazeta |

O treinador Marcelo Oliveira parece considerar o mistério um importante aliado para fazer o Vasco reencontrar o caminho das vitórias na partida desta quinta-feira, diante do Botafogo, no Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro . O técnico comandou uma atividade tática na manhã desta terça-feira, no CFZ, e procurou confundir ao máximo quem observava a movimentação, fazendo trocas e armando o time principal com menos de 11 jogadores.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Futura Press
Marcelo Oliveira, técnico do Vasco

Oliveira optou por ter uma longa conversa com o elenco antes de começar a atividade. O treinador dedicou cerca de vinte minutos ao bate-papo, em que falou a maior parte do tempo. Durante a reunião, ele pediu maior empenho aos jogadores, que estão abatidos por conta dos atrasos salariais. O plantel, no próximo dia 20, vai completar dois meses sem receber.

Depois disso, os atletas foram para o gramado. Porém, o atacante Alecsandro, com fortes dores musculares na coxa direita, sequer compareceu ao CFZ, ficando em tratamento em São Januário. A tendência é que ele não tenha condições de jogar contra o Botafogo. Com isso, o cruz-maltino não teria nenhum centroavante de ofício, pois o equatoriano Carlos Tenorio, se recuperando de um estiramento muscular na coxa direita, teve seu aproveitamento descartado pelo departamento médico do Vasco.

E mais: Juninho Pernambucano treina e deve reforçar o Vasco contra o Botafogo

Sem Alecsandro, Marcelo Oliveira deixou Eder Luis isolado no ataque no treino tático, mas o mesmo não define nada, uma vez que o treinador armou a equipe com dez homens apenas. Depois, tirou mais dois e deixou apenas oito titulares trabalhando.

Na soma das duas atividades, algumas coisas foram percebidas. O zagueiro Renato Silva, livre de um edema na coxa esquerda, retornará à condição de titular, deixando Rodolfo no banco de reservas. Aliás, Douglas também retorna ao banco, já que Dedé voltará a ficar à disposição depois de servir à Seleção Brasileira em amistosos internacionais.

O meia Juninho Pernambucano, que não participou da derrota de 2 a 0 para o Santos por conta de dores na região pubiana, atuará normalmente diante do Botafogo, tendo participado de todo o treino desta terça-feira. Ele, inclusive, atuou toda a atividade ao lado de Felipe, com Nilton e Fellipe Bastos formando a dupla de volantes.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

A permanência de Carlos Alberto entre os titulares vai depender da situação de Alecsandro. Se o artilheiro for liberado, o apoiador deverá ficar no banco de reservas. Caso contrário, o meia formaria dupla de frente com Eder Luis. Já o lateral esquerdo Thiago Feltri parece realmente sem nenhum prestígio com a comissão técnica e permanece entre os reservas, com o volante Wendel sendo improvisado no setor.

Gazeta Press
Alecsandro: atacante tem presença incerta no jogo contra o Botafogo

Com essa dúvida no ataque, o esboço de time do Vasco para o clássico contra o Botafogo é o seguinte: Fernando Prass, Jonas, Renato Silva, Dedé e Wendel; Nilton, Fellipe Bastos, Felipe e Juninho Pernambucano; Carlos Alberto (Alecsandro) e Eder Luis. Nesta quarta-feira, o elenco volta a treinar no CFZ, na parte da tarde, e depois começa o período de concentração.

Após a derrota para o Santos, o Vasco estacionou nos cinquenta pontos e deixou o G-4, a zona de classificação para a próxima Copa Libertadores, sendo ultrapassado pelo São Paulo, que agora tem 52 pontos. A conquista de uma vaga no torneio continental do próximo ano é considerada prioridade na Colina.

Fora de campo o presidente Roberto Dinamite foi informado por Ercolino Jorge de Luca que o mesmo não poderá aceitar o convite para ser o vice-presidente de futebol, cargo vago desde que José Hamilton Mandarino se desligou do clube. Homem de confiança do presidente, Ercolino era dado como certo na função, mas devido a problemas de saúde, vai declinar ao convite, uma vez que precisa de mais dois meses de tratamento para se recuperar de uma enfermidade no intestino. Dessa maneira, Dinamite terá que procurar outro nome para a função.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: VascoMarcelo OliveiraBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG