Após consagrar Washington, Jadson torce para que Luis Fabiano seja artilheiro

Atacante tem 15 gols no Brasileirão, muitos deles provenientes de passes do camisa 10

Gazeta |

Por trás da artilharia de Luis Fabiano no Campeonato Brasileiro, está um jogador mais discreto e menos aclamado pela torcida, mas também importante ao São Paulo: Jadson. O meia é o único jogador do elenco a atuar em todas as rodadas e também aquele com maior número de assistências.

Luis Fabiano será o artilheiro do Brasileirão? Deixe seu recado e comente a notícia

RAFAEL NEDDERMEYER/Marca Brasil
Jadson, camisa 10 do São Paulo

Não é a primeira vez que ele se destaca na armação. Foi assim também na edição de 2004, ocasião em que ajudou Washington a se tornar o maior goleador da história da competição nacional, balançando a rede 34 vezes.

E MAIS: Denilson segue tratamento para lombalgia, mas deve atuar na quinta

"Tive um bom número de assistências nessa época em que eu defendia o Atlético-PR", lembra o jogador de 29 anos, que na temporada seguinte foi atuar na Ucrânia. "No Shakhtar (Donetsk), também tentava ajudar meus companheiros na frente. Não vai ser diferente aqui".Em 30 vezes que foi a campo pelo Brasileiro neste ano, ele acumula dez passes a gol, o último deles na vitória sobre o Figueirense, por 2 a 0, quando cobrou escanteio que resultou no 15º tento de Luis Fabiano. O centroavante agora divide a artilharia com Fred, do Fluminense.

"É um artilheiro nato, um grande jogador. Tenho sempre tentado ajudá-lo. Pelo menos a metade dos gols dele, acho que fui eu que servi. Essa é a minha função no time. Fico feliz por ele. Vou continuar ajudando até o final para que ele busque a artilharia", comentou Jadson.

Luis Fabiano já avisou que, depois de enfrentar seis lesões, pretende jogar em todas as partidas até o final da temporada - pelo Brasileiro, restam oito rodadas -, ainda que apenas 45 minutos. "Só vou sair se estiver estragadinho", brincou o camisa 9, na semana passada.

A próxima partida da dupla será na quinta-feira, no Morumbi, diante do lanterna Atlético-GO. "Está um pouco complicado para saírem da zona de rebaixamento, mas agora mesmo venceram o Internacional, que é um dos nossos concorrentes. Tem que tomar cuidado", indicou Jadson.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: luis fabianojadsonsão paulobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG