Também foi afastado o assistente do jogo entre Flamengo e Cruzeiro. Rodada do fim de semana foi marcada por polêmicas

Lance da partida entre Atlético-MG e Sport
Gazeta Press
Lance da partida entre Atlético-MG e Sport

Após uma rodada do Campeonato Brasileiro marcada por polêmicas na arbitragem, os juízes dos jogos dos dois líderes da competição, Fluminense e Atlético-MG, além do auxiliar do jogo entre Flamengo e Cruzeiro, foram afastados pela CBF.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Na partida entre Fluminense e Ponte Preta, o árbitro Nielson Nogueira Dias foi duramente criticado por marcar pênalti de Luan e falta de Renê Júnior nos lances que garantiram os gols da equipe carioca na vitória por 2 a 1, de virada. Além disso, Wendel Santos foi expulso e deixou a equipe paulista com um a menos.

Leia ainda: Ponte Preta levanta suspeita sobre o árbitro na derrota para o Flu

Já Flávio Guerra apitou o jogo entre Atlético-MG e Sport e quase foi agredido por jogadores da equipe pernambucana por não assinalar lance de bola na mão de Carlos César na área atleticana aos 48 minutos do segundo tempo da vitória por 2 a 1 do vice-líder do campeonato.

O empate por 1 a 1 entre Flamengo e Cruzeiro também foi cercado de polêmicas, com o bandeira Bruno Boschila sendo afastado por invalidar gol legal de Liedson aos 39 minutos da etapa final.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.