Alex atende pedido da família e diz não à oferta do Cruzeiro

Meia rescindiu seu contrato com o Fenerbahçe e voltou ao Brasil, porém não aceitou a oferta do time mineiro

iG Belo Horizonte * |

O sonho do torcedor do Cruzeiro de ter o craque Alex não vai se realizar. O jogador atendeu um pedido da família e não vai defender a quipe mineira na próxima temporada. Alex rescindiu recentemente seu contrato com o Fenerbahçe-TUR, desembarcou no Brasil no último sábado, em Curitiba, onde reside a sua família, e confirmou que não será atleta do time do mineiro.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Getty Images
Alex saiu do Fenerbahçe, retornou ao Brasil, mas negou proposta do Cruzeiro

O diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, explicou que a Raposa estava mantendo contato com Alex desde o mês de março, e o presidente Gilvan Tavares sempre teve o desejo de contratar o jogador. O dirigente cruzeirense disse que tentou de todas as formas trazer o armador para Belo Horizonte, mas na época Alex não aceitou a proposta celeste.

Leia mais:  Fábio vê Libertadores distante no Cruzeiro e pede apenas trabalho

"Eu cheguei ao Cruzeiro em março, e uma das minhas primeiras ações no clube foi entrar em contato com o Alex e, documentalmente falando, no dia 22 de março eu fiz o primeiro contato oficial com o Alex, tentei de todas as maneiras ver uma possibilidade real de ele vir para o Cruzeiro no meio do ano. Naquele momento, o Alex se posicionou e disse que não romperia seu contrato com o Fenerbahçe, por nenhum motivo, que iria até 2013", declarou.

Apesar da primeira negativa, Alexandre Mattos voltou a insistir no mês de maio. "Fizemos mais alguns contatos até o dia 25 de maio, quando foi a última vez que o Cruzeiro oficialmente tentou repatriá-lo no meio do ano. Ele foi bem enfático em falar que tinha sim o desejo de retornar ao Brasil, ao Cruzeiro, mas que, naquele momento, ele não faria a rescisão com o Fenerbahçe em respeito a todos os anos dele no Fenerbahçe", explicou.

Confira ainda:  Insatisfeito com o Cruzeiro, Roth convoca torcida para jogo contra o Corinthians

Alexandre Mattos ainda confirmou que antes mesmo de Alex rescindir o contrato na Turquia, que o Cruzeiro já havia feito algumas propostas oficiais para ter o atleta, e que a situação em termos financeiros estava encaminhada, mas o atleta teria deixado claro que dependia do aval da família.

"No dia 21 de setembro o Cruzeiro fez a primeira proposta oficial, o Alex ainda estava preso ao Fenerbahçe, e, no dia seguinte, o Alex respondeu que não aceitaria, pois ainda tinha contrato, com valores muito maiores. Fez uma contraproposta ao Cruzeiro no dia 2 de outubro. A situação com o Cruzeiro, em questão de valores, estava bem definida. O Presidente fez uma força tarefa e conseguimos um investidor para chegarmos nos valores", disse.

Apesar de todos os esforços, Alex acabou atendendo ao pedido da família, e recusou voltar ao Cruzeiro. "Ontem, por volta de 21h30 ou 22h, recebi uma ligação do próprio Alex, dizendo que conversou muito com a família e que, de forma irreversível, não viria para Belo Horizonte e, consequentemente, para o Cruzeiro, que tem outros planos para com a família, questões particulares. Queria deixar claro que não é questão financeira, não é questão de projeto. Tentei demovê-lo da ideia, mas ele foi enfático e colocou um ponto final, falou que já está com a cabeça em uma outra situação", concluiu.

*Com Gazeta

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: alexcruzeiro

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG