Meia rescindiu seu contrato com o Fenerbahçe e voltou ao Brasil, porém não aceitou a oferta do time mineiro

O sonho do torcedor do Cruzeiro de ter o craque Alex não vai se realizar. O jogador atendeu um pedido da família e não vai defender a quipe mineira na próxima temporada. Alex rescindiu recentemente seu contrato com o Fenerbahçe-TUR, desembarcou no Brasil no último sábado, em Curitiba, onde reside a sua família, e confirmou que não será atleta do time do mineiro.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Alex saiu do Fenerbahçe, retornou ao Brasil, mas negou proposta do Cruzeiro
Getty Images
Alex saiu do Fenerbahçe, retornou ao Brasil, mas negou proposta do Cruzeiro

O diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, explicou que a Raposa estava mantendo contato com Alex desde o mês de março, e o presidente Gilvan Tavares sempre teve o desejo de contratar o jogador. O dirigente cruzeirense disse que tentou de todas as formas trazer o armador para Belo Horizonte, mas na época Alex não aceitou a proposta celeste.

Leia mais:  Fábio vê Libertadores distante no Cruzeiro e pede apenas trabalho

"Eu cheguei ao Cruzeiro em março, e uma das minhas primeiras ações no clube foi entrar em contato com o Alex e, documentalmente falando, no dia 22 de março eu fiz o primeiro contato oficial com o Alex, tentei de todas as maneiras ver uma possibilidade real de ele vir para o Cruzeiro no meio do ano. Naquele momento, o Alex se posicionou e disse que não romperia seu contrato com o Fenerbahçe, por nenhum motivo, que iria até 2013", declarou.

Apesar da primeira negativa, Alexandre Mattos voltou a insistir no mês de maio. "Fizemos mais alguns contatos até o dia 25 de maio, quando foi a última vez que o Cruzeiro oficialmente tentou repatriá-lo no meio do ano. Ele foi bem enfático em falar que tinha sim o desejo de retornar ao Brasil, ao Cruzeiro, mas que, naquele momento, ele não faria a rescisão com o Fenerbahçe em respeito a todos os anos dele no Fenerbahçe", explicou.

Confira ainda:  Insatisfeito com o Cruzeiro, Roth convoca torcida para jogo contra o Corinthians

Alexandre Mattos ainda confirmou que antes mesmo de Alex rescindir o contrato na Turquia, que o Cruzeiro já havia feito algumas propostas oficiais para ter o atleta, e que a situação em termos financeiros estava encaminhada, mas o atleta teria deixado claro que dependia do aval da família.

"No dia 21 de setembro o Cruzeiro fez a primeira proposta oficial, o Alex ainda estava preso ao Fenerbahçe, e, no dia seguinte, o Alex respondeu que não aceitaria, pois ainda tinha contrato, com valores muito maiores. Fez uma contraproposta ao Cruzeiro no dia 2 de outubro. A situação com o Cruzeiro, em questão de valores, estava bem definida. O Presidente fez uma força tarefa e conseguimos um investidor para chegarmos nos valores", disse.

Apesar de todos os esforços, Alex acabou atendendo ao pedido da família, e recusou voltar ao Cruzeiro. "Ontem, por volta de 21h30 ou 22h, recebi uma ligação do próprio Alex, dizendo que conversou muito com a família e que, de forma irreversível, não viria para Belo Horizonte e, consequentemente, para o Cruzeiro, que tem outros planos para com a família, questões particulares. Queria deixar claro que não é questão financeira, não é questão de projeto. Tentei demovê-lo da ideia, mas ele foi enfático e colocou um ponto final, falou que já está com a cabeça em uma outra situação", concluiu.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.