Miralles marca duas vezes, Santos vence outra sem Neymar e tira Vasco do G4

Na Vila Belmiro, Santos estreia novo uniforme e vê argentino brilhar em péssimo dia vascaíno

iG São Paulo |

Existe vida sem Neymar para o Santos . Em mais uma partida sem seu melhor jogador, o time de Muricy Ramalho superou o Vasco por 2 a 0 neste domingo com dois gols do argentino Miralles, fazendo com que o clube carioca saísse do G4 pela primeira vez neste Campeonato Brasileiro .

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O resultado positivo faz o Santos chegar a quatro partidas sem derrotas e segue se afastando das últimas posições. Tem 41 pontos e ocupa a oitava colocação. O sonho da Libertadores segue distante, já que o São Paulo atingiu 52 e ultrapassou o Vasco, que jogou sem Juninho Pernambucano e tem dois pontos a menos.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

Os dois clubes terão pouco tempo de descanso até a próxima rodada. Na quarta-feira, novamente na Vila Belmiro, o Santos recebe o Atlético-MG, que briga pelas primeiras posições do Brasileiro. Já o Vasco tenta retornar ao G4 em clássico contra o Botafogo, na quinta.

Veja fotos da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro


O jogo

Há seis anos sem vencer o Santos na Vila Belmiro, o Vasco começou sufocando seu adversário com base na troca de passes ofensiva pelo lado esquerdo, entre Wendel, improvisado na lateral, e Felipe. Com o passar do tempo, ainda na etapa inicial da partida, os comandados de Muricy Ramalho notaram que o avanço de Wendel deixava desguarnecido o lado direito do ataque santista - jogadas ofensivas pelo setor acabaram sendo a tônica de todo o primeiro tempo.

Depois de Carlos Alberto tentar organizar o Vasco do meio para frente, o Santos equilibrou a partida e, logo aos oito minutos, aproveitou a avenida que tinha à disposição do lado direito para abrir o placar. Bill recebeu lançamento longo na intermediária, logo após um desarme cometido para cima de Carlos Alberto ,e fez lançamento em velocidade para Miralles, que invadiu a área sem marcação e bateu no canto direito de Fernando Prass para marcar o primeiro do Santos.

Aos 13 minutos, na tentativa de responder, Felipe conseguiu lançamento em profundidade para Éder Luis, que balançou as redes de Rafael, mas foi flagrado em posição de impedimento. No lance seguinte, Henrique recebeu na intermediária e tocou rápido para Bruno Peres, que tentou o cruzamento, mas acabou criando ótima oportunidade de aumentar o placar no tiro direto involuntário. No último instante, Fernando Prass deu um tapa na bola e afastou pela linha de fundo o que poderia ser o segundo gol dos donos da casa.

Gazeta Press
O atacante Miralles comemora seu gol na vitória do Santos sobre o Vasco na Vila Belmiro


Na única jogada pelo lado esquerdo do ataque, Léo desarmou Jonas e fez o passe para Miralles, que não conseguiu o domínio e acabou servindo Bill. A zaga do Vasco afastou em um primeiro momento, mas a sobra ficou com Bruno Peres, que encheu o pé e obrigou Fernando Prass a praticar defesa incrível em mais uma tentativa do lateral direito santista, de volta ao time após lesão.

Aos 30, o Santos criou sua última boa oportunidade na etapa inicial. No momento em que Carlos Alberto tentava o lançamento na área do Santos, a forte marcação à frente da zaga conseguiu o corte. Na sobra, o vascaíno acabou desarmado por Miralles, que fazia pelo primeiro tempo e conseguiu servir Bruno Peres, que passava pela direita para tentar o drible para cima de Fernando Prass. A boa saída do goleiro vascaíno impediu o último fôlego do Santos, que depois só trabalhou a bola, sem perigo.

Logo na primeira jogada da etapa complementar, Nilton pisou no tornozelo de Miralles, que saiu de campo para atendimento, mas não foi motivo de preocupação para a comissão técnica. De volta ao jogo após se recuperar prontamente, o artilheiro do jogo recebeu passe em profundidade de Felipe Anderson, nas costas da marcação de Douglas, e bateu por baixo de Fernando Prass para aumentar a vantagem santista na Vila Belmiro.

Aos 12 minutos, o Vasco criou sua primeira boa oportunidade no segundo tempo, após lançamento em velocidade de Felipe para Éder Luis, que acertou em cima do goleiro Rafael. Na sobra, Nilton completou por cima da meta santista, rente ao travessão. Na sequência do lance, no entanto, Léo fez o desarme no campo de defesa e tocou para Miralles, que lançou Bill de primeira. Fernando Prass saui do gol, falhou no corte e quase deu espaço para o santista completar.

O Vasco continuou atento, mas só teve chances em jogadas interrompidas pela arbitragem, como no lance em que Alecsandro recebeu passe na entrada da área, dominou com a coxa e virou chutando, no ângulo de Rafael, que caiu e conseguiu defender com precisão. O lance já estava paralisado por impedimento. Minutos mais tarde, Bruno Peres encostou a mão na bola e, na cobrança de falta, Fellipe Bastos acertou a trave em lance que também estava parado.

Mesmo com Marlone, Jhon Cley, Pipico e o time mais ofensivo, o Vasco não conseguiu criar espaços na segura defesa santista, que conseguiu garantir o resultado positivo após as entradas de Gérson Magrão e Patito. Nome do jogo, Miralles saiu de campo aplaudido.

FICHA TÉCNICA - SANTOS 2 x 0 VASCO
Local : Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP) 
Data : 14 de outubro de 2012 (domingo) 
Horário : 16 horas (de Brasília) 
Árbitro : Wilton Pereira Sampaio (Asp. Fifa-GO) 
Assistentes : Roberto Braatz (Fifa-PR) e Thiago Gomes Brígido (Asp. Fifa-CE) 
Cartões amarelos : Henrique e Rafael (Santos); Nilton e Fellipe Bastos (Vasco)

GOLS : Miralles, aos 8 do primeiro tempo e aos 2 do segundo tempo.

SANTOS : Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Adriano, Henrique (Gérson Magrão), Arouca e Felipe Anderson; Miralles (Patito Rodríguez) e Bill
Técnico : Muricy Ramalho

VASCO : Fernando Prass, Jonas (Pipico), Rodolfo, Douglas Wendel; Nílton, Fellipe Bastos, Felipe (Jhon Cley) e Carlos Alberto (Marlone); Éder Luis e Alecsandro
Técnico : Marcelo Oliveira

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: SantosVascobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG