Inter enfrenta desespero do Atlético-GO para se aproximar de rivais do G4

A cinco pontos do quarto lugar, gaúchos vão a Goiânia para manter caça ao grupo da frente

iG Porto Alegre |

AI Internacional
Fernandão estreou no comando do Inter com goleada sobre o Atlético-GO no 1º turno

O sucesso do Internacional no Campeonato Brasileiro passa diretamente pelo jogo deste sábado, contra o Atlético-GO , no Serra Dourada. Depois de golear o Atlético-MG por 3 a 0 na última quarta, o Inter busca um resultado positivo contra o lanterna da competição para se aproximar da zona de classificação à Libertadores do ano que vem.

Veja classificação completa do Brasileirão

Com 45 pontos, o Internacional manteve o sexto lugar, mas diminuiu de oito para cinco pontos a distância até o Vasco, quarto colocado, último integrante do G-4. A distância até o São Paulo, que está em quinto lugar, é de quatro pontos. O Atlético-GO, com 20, está 15 atrás do Bahia, primeiro time fora da zona de rebaixamento. As chances de escapar são mínimas, mas com 27 pontos em disputa, ainda é possível. 

Sem vários titulares na quarta-feira, o Inter teve uma de suas melhores atuações na temporada. Os garotos Fred, Cassiano, Josimar e Jackson deram conta do recado ao substituírem nomes como D’Alessandro, Forlán, Guiñazu, Leandro Damião, Índio, Juan e Bolívar.

Veja os gols do confronto do primeiro turno entre Inter e Atlético-GO

Dos medalhões, apenas D’Alessandro tem chances de retornar ao time contra o Atlético-GO. Recuperado de lesão, o argentino treinou normalmente nesta sexta-feira, mas o técnico Fernandão pede calma. "Vamos tentar correr o menor risco possível nesta reta final. Não adianta colocar o D’Alessandro em campo e ele perder mais três ou quatro jogos adiante", ponderou.

Caso D’Ale fique no banco de reservas, seu conterrâneo Dátolo começará a partida. Na zaga, Rodrigo Moledo retoma lugar no time, após cumprir suspensão. Com isso, Ygor, que atuou improvisado no meio de semana, volta à sua função de origem, ao lado de Bolatti. Josimar deve deixar a equipe. No ataque, Cassiano ganha lugar entre os titulares. A dúvida de Fernandão é entre Dagoberto e Rafael Moura, com mais chances para o primeiro.

Praticamente rebaixado, o Atlético-GO já admite que as chances de permanecer na Série A são mínimas. Segundo o matemático Tristão Garcia, a possibilidade de a equipe retornar à segunda divisão é de 99%. Na quarta-feira, o Atlético-GO levou 3 a 1 do vice-lanterna Figueirense, resultado que desanimou o técnico Artur Neto.

"Difícil, principalmente se não temos força para vencer um jogo desses. O Figueirense mereceu vencer. Temos algumas deficiências e não podemos esconder isso", lamentou o treinador, que deve promover cinco alterações em relação à equipe que foi derrotada em Florianópolis.

O zagueiro Gustavo deve voltar à equipe após cumprir suspensão contra o Figueira, embora Reniê também tenha chances de começar o jogo. Eron, outro que estava suspenso para o jogo de Florianópolis, tem retorno assegurado. Ernandes retoma lugar na equipe no meio-campo e Pituca, suspenso, dará lugar a um jovem de nome bastante sugestivo: Mahatma Gandhi, 20 anos. No ataque, Ricardo Bueno retorna à equipe no lugar de Patric.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-GO X INTERNACIONAL
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO) 
Data: 13 de outubro de 2012, sábado 
Horário: 18h30 (de Brasília) 
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP) 
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Carolina Romanholi Melo (CE) 

ATLÉTICO-GO: Márcio; Adriano, Diego Giaretta, Gustavo e Eron; Mahatma Gandhi, Dodó e Ernandes; Felipe, Ricardo Bueno e Alexandre Oliveira  Técnico: Artur Neto

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Jackson e Kléber; Ygor, Bolatti, Fred e Dátolo; Dagoberto e Cassiano  Técnico: Fernandão

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: Atlético-GOInternacionalbrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG