Jogo contra o Fortaleza foi marcado por violência e teve vitória do time cearense em Recife

Chicão, do Santa Cruz, esfrega seu sangue no rosto de Esley, do Fortaleza
Reprodução/SporTV
Chicão, do Santa Cruz, esfrega seu sangue no rosto de Esley, do Fortaleza

Foi quente o clássico nordestino entre Santa Cruz e Fortaleza neste sábado em Recife válido pela Série C do Campeonato Brasileiro. Após confusão no primeiro tempo, dois jogadores de cada equipe foram expulsos, assim como os técnicos Vica, do Fortaleza, e Sandro Barbosa, do Santa.

O lance mais violento do jogo foi protagonizado por Esley, do Fortaleza, que acertou uma cotovelada em Chicão, do Santa Cruz. Ensanguentado, o jogador do time pernambucano esfregou sua mão cheia de sangue no rosto do seu agressor.

O Santa Cruz vencia por 1 a 0 no intervalo, com gol de Esley, contra. Com oito jogadores de linha, o Fortaleza prevaleceu no segundo tempo e virou a partida para 2 a 1, gols de Careca e Assisinho.

Com o resultado, o Santa Cruz corre riscos de não se classificar para a fase final da Série C. O Fortaleza já está classificado entre os quatro primeiros colocados do grupo A. O Santa está em quarto no grupo. Icasa, Salgueiro e Águia de Marabá ainda jogam neste sábado e podem ultrapassar o time pernambucano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.