Correa assume erro no lance do gol do Coritiba e pede cabeça erguida

Volante do Palmeiras errou no lance que originou pênalti a favor do Coritiba aos 42 minutos do segundo tempo; distância para rival agora é de nove pontos

Gazeta |

Aos 44 minutos do segundo tempo, Correa não conseguiu afastar uma bola na grande área e, na sequência, Everton Ribeiro sofreu pênalti de Mauricio Ramos. Pouco após Deivid converter e selar a vitória do Coritiba que deixou o Palmeiras a nove pontos da saída da zona de rebaixamento do Brasileiro, o volante assumiu seu erro.

O JOGO:  Com gol de pênalti no fim, Palmeiras perde do Coritiba e fica perto da Série B

"Perdi o tempo da bola e depois sofremos o gol de pênalti", disse Correa, partindo com pressa para os vestiários, mas já pedindo confiança no time. "Lutamos e acabamos não sendo capazes de fazer o gol. Faz parte. Agora é levantar a cabeça e continuar", falou após a derrota por 1 a 0.

Abatido pela jogada que aproximou ainda mais o Verdão da segunda divisão do Campeonato Brasileiro, já que faltam apenas nove rodadas para o final da competição, Correa nem aceitou voltar a dar entrevistas depois da conversa com todo o elenco em Araraquara.

Thiago Heleno, outro dos poucos que aceitaram se pronunciar depois do péssimo resultado em confronto direto para evitar o rebaixamento, lamentou em meio a novos pedidos por fé em sua equipe.

"Tivemos a oportunidade de tirar a vantagem e não conseguimos. Agora é trabalhar", afirmou o zagueiro, confiando em vitórias sobre Nautico e Bahia no Nordeste nas duas próximas rodadas. "Existe a possibilidade de ganhar esses dois jogos, mas temos que saber que do outro lado há um time que corre e quer evitar o rebaixamento como nós."

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: palmeirasbrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG