Berlusconi estaria buscando novos sócios para o Milan

De acordo com jornal italiano, presidente do clube estuda a cessão de 30% da entidade e conta com interesse de família catariana que controla PSG

EFE |

EFE

O presidente do Milan , Silvio Berlusconi, está estudando a cessão de 30% da entidade por 250 milhões de euros, informou o diário Gazzetta dello Sport . Na edição desta sexta-feira, o jornal esportivo traz como título "Milan das Arábias", e em suas páginas interiores afirma que a operação conta com o interesse da família catariana Al-Thani, a mesma que controla o Paris Saint-Germain (PSG).

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O objetivo de Berlusconi seria levar liquidez aos cofres do Milan para voltar a formar um elenco competitivo, depois de o clube ter sido obrigado a vender recentemente seus dois principais jogadores, o sueco Zlatan Ibrahimovic e o brasileiro Thiago Silva, precisamente ao PSG. As duas saídas, bastante criticadas pela torcida, vêm tendo influência nos resultados obtidos pelo Milan, que atualmente é apenas o 11º colocado do Campeonato Italiano.

Leia mais sobre futebol italiano no blog Tripletta

A Gazzetta dello Sport  assegura que os contatos entre a diretoria do clube italiano e o fundo catariano são constantes e, embora o objetivo principal seja o ingresso de liquidez às contas do clube, outras opções de colaboração também vêm sendo consideradas. Sendo assim, não está descartada uma fórmula que inclua projetos imobiliários comuns, como a construção de um novo estádio para o Milan ou uma renovação completa de San Siro.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: Futebol MundialItáliaMilan

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG