Tamanho do texto

"Tem que ser guerreiro para jogar aqui. Acho que faltou um pouco mais de respeito por parte da torcida" disse o zagueiro em entrevista

Vasco perdeu por 2 a 0 para o São Paulo
Marca Brasil
Vasco perdeu por 2 a 0 para o São Paulo

Os salários atrasados parecem fazer parte da rotina do Vasco nos últimos anos. Em entrevista concedida nesta quinta-feira à Rádio Brasil , o zagueiro Rodolfo revelou que tanto ele quanto os demais atletas cruzmaltinos estão sem receber nenhum tipo de pagamento regular por parte do clube há aproximadamente 90 dias. O assunto surgiu a partir do momento em que ele comentou as vaias recebidas pela equipe após a derrota por 2 a 0 para o São Paulo, sofrida na noite dessa quinta-feira, em São Januário.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"As dificuldades aqui no Vasco são enormes. A gente tenta não colocar isso para o público, mas o torcedor muitas vezes não entende a nossa situação. Temos assuntos para resolver, temos família. Somos guerreiros. Dizem que o time de guerreiros é o Fluminense, mas tem que ser guerreiro para jogar aqui. Acho que faltou um pouco mais de respeito por parte da torcida. Estamos com três meses de salários atrasado", afirmou o defensor.

Nem o fato de ter voltado a campo após três meses, depois de se recuperar de uma lesão no joelho esquerdo, parecem ter animado Rodolfo. "Conseguir fazer uma partida inteira foi difícil. Mas não adiantou nada, o resultado foi negativo. De qualquer jeito, ainda tem muita coisa para acontecer no campeonato", disse.

Quarto colocado do Brasileirão, com 50 pontos, o Vasco tenta superar a derrota para o São Paulo e os atrasos de salário às 16 horas (de Brasília) do próximo domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro.