Vasco e São Paulo fazem 'final' na briga por um lugar no G4

Quarto colocado, time carioca está a quatro pontos dos paulistas, que ainda sonham em 'invadir' seleto grupo da classificação

iG São Paulo * |

Vipcomm
Luis Fabiano está animado após brilhar contra o Palmeiras

Os quatro ocupantes do G4, o grupo dos quatro primeiros colocados do Brasileirão, parece consolidado. Fluminense, Atlético-MG, Grêmio e Vasco têm poucas chances de deixar escapar a vaga na Libertadores da América de 2013.

Se ainda há algum risco para o quarteto, ele atende pelo nome de São Paulo . Mas, para confirmar tal condição, o time paulista precisa vencer justamente o quarto colocado Vasco nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), em São Januário.

Palpite para o jogão desta noite? Deixe seu comentário

O Vasco está a quatro pontos do São Paulo (50 a 46). Assim, a diferença iria para sete em caso de vitória cruz-maltina, restando então nove rodadas para o término da competição nacional. Uma vantagem tida como decisiva para o são-paulino Luis Fabiano.

"Uma derrota para o Vasco seria um balde de água fria, já que a gente vive um momento legal", disse o atacante Luis Fabiano, autor de dois gols na vitória por 3 a 0 sobre o Palmeiras - a terceira em uma série invicta de quatro jogos.

Leia ainda: São Paulo manda assentos do Morumbi para reciclagem

Antes de vencer o clássico no sábado passado, o São Paulo vinha de empate com o Coritiba e triunfos sobre Cruzeiro e Portuguesa. Os dez pontos conquistados, porém, não o aproximaram tanto do Vasco, que somou só dois a menos, com duas vitórias (Atlético-GO e Figueirense) e dois empates (Ponte Preta e Cruzeiro).

Por isso mesmo, o único pensamento é de trazer três pontos do Rio de Janeiro. "Não estou indo a São Januário para empatar. Estou indo para ganhar. Sabemos que será um jogo difícil, porque o Vasco tem grande jogadores, mas queremos ir lá para ganhar", falou o volante Denilson, que fez o outro gol diante do Palmeiras.

O técnico Ney Franco, que volta a contar com o zagueiro Rhodolfo no lugar de Edson Silva, vai manter Wellington ao lado de Denilson no meio-campo. A dupla deu boa sustentação defensiva ao esquema com três atacantes. Já na frente, sem Lucas, convocado para a Seleção Brasileira, a vaga na ponta direita deve ficar com o lateral direito Douglas ou o atacante Ademilson.

Futura Press
Fernando Prass, goleiro do Vasco

O Vasco também tem problemas na formação. Além de Dedé, assim como Lucas chamado para o selecionado nacional, o meia Carlos Alberto cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Os substitutos devem ser, respectivamente, Rodolfo e Marlone, meia que faria a estreia como titular entre os profissionais.

Veja também: Renato Silva minimiza ausência de Dedé no jogo

Para Marcelo Oliveira, trata-se de uma 'minifinal'. "Por conta da situação das duas equipes e das chances de se conquistar uma vaga na Libertadores. Para nós, o resultado desta partida é fundamental, pois vamos jogar em casa e contra um rival que vai nos criar muitos problemas se ganhar dentro de São Januário. Temos que pontuar e, de preferência, com a vitória".

Ciente dessa necessidade de vencer, os vascaínos reconhecem que o apoio da torcida será fundamental neste compromisso.

"Nós precisamos do resultado positivo, e o jogo realmente tem caráter de decisão. O Vasco é forte quando joga em casa, e muito por conta do apoio dos seus torcedores. Contra o São Paulo, vamos precisar ainda mais desta força. Teremos pela frente um rival de grande qualidade técnica, embalado e com o mesmo objetivo que o nosso na temporada", disse o meia Juninho Pernambucano.

No primeiro turno do Brasileiro, o Vasco venceu por 1 a 0, no Morumbi. Naquela ocasião, o time carioca fez uma de suas melhores exibições na temporada, chegando ao gol com o lateral-direito Fagner, já negociado com o futebol alemão.

FICHA TÉCNICA
VASCO X SÃO PAULO

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10 de outubro de 2012 (quarta-feira)
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Elmo Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabrício da Silva (Fifa-GO) e Fábio Pereira (TO)

VASCO: Fernando Prass, Jonas, Renato Silva, Rodolfo e Thiago Feltri; Nilton, Wendel, Juninho e Marlone; Eder Luis e Alecsandro
Técnico: Marcelo Oliveira

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Douglas (Ademilson), Osvaldo e Luis Fabiano
Técnico: Ney Franco

*Com a Gazeta Esportiva

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: são paulovascobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG