Botafogo e Santos jogam para fugir da monotonia neste Brasileirão

Com poucas chances de alcançar o G4 e livres de risco de rebaixamento, cariocas e paulistas duelam no Engenhão

iG São Paulo * |

Gazeta Press
Osvaldo de Oliveira está preocupado com o Botafogo

Botafogo e Santos entram em campo nesta quarta-feira, a partir das 19h30 (de Brasília), no Engenhão, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo envolve dois oponentes que pouco têm a fazer no restante do campeonato.

Qual seu palpite para este jogo? Deixe seu comentário

Tanto botafoguenses quanto santistas não conseguiram deslanchar neste segundo turno, perderam terreno na briga pelo G4 e - por outro lado -  não correm risco de rebaixamento.

O Botafogo, que perdeu de 1 a 0 para o Fluminense no fim de semana, se encontra estacionado com 40 pontos, distante da zona de classificação para a Copa Libertadores da América. Já o Santos, que vem de empate por 1 a 1 com o Inter, tem 35 pontos ganhos.

Para o meia-atacante Bernardo, que terá contra o Botafogo a sua segunda oportunidade consecutiva como titular no time santista, desde que voltou de lesão muscular na virilha direita, brigar para fugir da degola é algo que não passa pela cabeça do elenco praiano.

Leia ainda: Marcelo Mattos volta aos treinos no Botafogo

"A gente nem pensa em rebaixamento. Queremos fazer grandes jogos, para agradar ao nosso torcedor, que merece. Esperamos vencer o Botafogo e dar um salto na tabela", ponderou Bernardo, que no empate contra o Inter, no último sábado, marcou o seu primeiro gol com a camisa alvinegra.

Com relação à formação que vai a campo diante dos cariocas, o técnico Muricy Ramalho deve promover ouças alterações na equipe. Na lateral direita, com Bruno Peres ainda em recuperação, Éwerthon Páscoa será mais uma vez improvisado no setor. Na ala esquerda, o experiente Léo está curado de uma lesão na panturrilha esquerda, mas é dúvida. Caso o seu retorno seja adiado, Gérson Magrão deve ser mantido no setor.

Na expectativa de jogar novamente, Magrão quer ajudar o Santos a vencer, depois de três rodadas (derrota para a Portuguesa, e empates com Grêmio e Inter)."Sabemos que ficar sem vencer é complicado. Há três rodadas nós não ganhamos e, desta vez, esperamos conseguir os três pontos. Nós estamos jogando bem, buscando as vitórias, mas elas não vêm acontecendo. Tomara que a vitória venha contra o Botafogo, que será mais um adversário complicado", destacou.

Futura Press
Muricy Ramalho, técnico do Santos

Muricy ainda pode escalar o Peixe com uma armação mais cautelosa, caso opte por sacar o argentino Miralles, que foi o substituto de Neymar diante do Colorado - a Joia estava suspensa e, agora, está servindo a Seleção Brasileira -, para a entrada de mais um volante. Adriano, que retorna de suspensão pelo terceiro cartão amarelo, pode formar um trio de volantes ao lado de Henrique e Adriano. Desta forma, Bernardo e Felipe Anderson seriam os únicos responsáveis por municiar o centroavante André.

Veja também: Muricy quer três ou quatro reforços de peso para 2013

Do lado carioca, Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo, tem procurado trabalhar o aspecto psicológico de seus jogadores a fim de evitar uma desmotivação, que possa comprometer o desempenho diante dos santistas. O treinador vem mantendo o discurso de que ainda há chances de uma vaga na Copa Libertadores, mesmo com o Glorioso estando dez pontos atrás do Vasco, que fecha a zona de classificação.

"Não podemos nos encolher faltando dez rodadas para o Campeonato Brasileiro acabar. Temos trinta pontos em disputa e temos que pensar em conquistar todos. Não dá para deixar de acreditar enquanto as chances existirem. O Botafogo pode muito bem repetir o feito de outros times e conseguir uma grande sequência e chegar à classificação. Já vivi situações parecidas no São Paulo e no futebol japonês e comemoramos no fim", disse Oswaldo.

O discurso ganhou coro entre os jogadores. "Nós sabemos que esses trinta pontos são complicados de serem conquistados e realmente não é fácil passar por um momento em que estamos jogando bem e os resultados não aparecem. Mas o Botafogo tem um elenco de qualidade, um grupo comprometido com o clube e que pensa apenas em vencer seus jogos. Vamos jogar em casa contra o Santos e temos que ganhar. Depois analisamos a tabela e vemos se as coisas melhoraram para nós ou continuam na mesma. Não acredito que esteja tudo encerrado", afirmou o volante Gabriel, revelado nas categorias de base do clube.

Em termos de escalação, o Botafogo não conta com o goleiro Jéfferson, servindo à Seleção em amistosos internacionais. Renan será o substituto mais uma vez. Recuperado de uma lesão no músculo adutor da coxa esquerda, o volante Renato parece ter mesmo perdido a posição e começará o confronto no banco de reservas.

No primeiro turno do Brasileirão as duas equipes se enfrentaram na Vila Belmiro, e empataram sem gols, em um duelo marcado pelo baixo nível técnico, na oportunidade.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X SANTOS

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro
Data: Quarta-feira, 10 de outubro de 2012 
Horário: 19h30
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Paulo César Silva Faria (MT)

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Dória, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Gabriel, Jadson, Fellype Gabriel, Andrezinho e Seedorf; Elkeson
Técnico: Oswaldo de Oliveira

SANTOS: Rafael; Éwerthon Páscoa, Bruno Rodrigo, Durval e Gérson Magrão (Léo); Henrique, Arouca, Felipe Anderson e Bernardo; Miralles (Adriano) e André
Técnico: Muricy Ramalho

* Com a Gazeta Esportiva

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: botafogosantosbrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG