Na madrugada de segunda para terça-feira, três pessoas atacaram o boneco, que está na Esplanada dos Ministérios, empunhando facas

Mascote da Copa 2014 em Brasília
Divulgação
Mascote da Copa 2014 em Brasília

A Esplanada dos Ministérios, em Brasília, amanheceu sem o boneco inflável do tatu-bola, mascote da Copa do Mundo de 2014 , que estava exposto no local desde setembro. Pela segunda vez, o símbolo escolhido pela Fifa para representar o Mundial no Brasil foi alvo de vandalismo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Na madrugada de segunda para terça-feira, três pessoas atacaram o boneco empunhando facas, as quais utilizaram para furar a base do tatu-bola de 7 metros que estava em exposição. A Polícia Militar do Distrito Federal ainda não tem suspeitos, mas concluiu que o grupo estacionou o carro ao lado da peça antes do ato de vandalismo.

E MAIS: Fifa aponta nomes para mascote da Copa e abre votação para torcedores em site

Brasília já requereu um novo boneco para ser instalado nas próximas semanas, mas o local deve ser alterado para o chamado ‘bolsão’ do Aeroporto Juscelino Kubistchek, onde há mais segurança. A prefeitura de Porto Alegre já está na fila por um novo mascote, pois aquele instalado no Largo Glênio Peres foi desativado.

O primeiro ato de vandalismo foi justamente no Rio Grande do Sul, na última semana, quando um grupo de ativistas políticos em conflito com a Polícia acabou cortando os fios que prendiam a cabeça do boneco gigante ao chão. Assim, o tatu-bola acabou murchando no local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.