Ministro diz que manifestações no Camp Nou prejudicam imagem da Espanha

Durante o clássico entre Barcelona e Real Madrid, torcida no estádio reivindicou a independência da Catalunha

EFE |

EFE

O ministro de Relações Exteriores e de Cooperação espanhol, José Manuel García-Margallo, disse nesta segunda-feira que as reivindicações independentistas exibidas no Camp Nou durante a partida entre Barcelona e Real Madrid "prejudicam" a imagem da Espanha.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

García-Margallo fez estas declarações aos jornalistas após a inauguração na Casa da América em Madri do seminário "Gestão da Marca País: Visão e Globalização". Perguntado se o espetáculo independentista de ontem prejudica a imagem do país, o ministro assegurou: "Não tenho a menor dúvida que prejudica".

E mais:  Pepe exalta jogo de Messi e Cristiano Ronaldo, mas vê português à frente

"Um país que oferece uma imagem de divisão interna em um momento de convulsão como o que vivemos, em um momento no qual todos os países do mundo estão competindo pelos poucos capitais, o fato de oferecer uma imagem de desunião em vez de uma imagem de esforço partilhado me parece uma imagem ruim", acrescentou.

Além da exibição de um mosaico de bandeiras catalãs, aos 17 minutos e 14 segundos o Camp Nou voltou a clamar pela independência, aludindo ao ano 1714, quando as tropas de Felipe V entraram em Barcelona, aboliram instituições e impuseram o uso do castelhano.


Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: Futebol MundialEspanhaReal MadridBarcelona

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG