Montillo e Fábio lideram as reclamações do clube mineiro, que chega a sete jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro

Ao perder para o Grêmio no sábado por 2 a 1 , o Cruzeiro completou sete jogos sem vencer no Brasileirão, situação que já começa a incomodar os jogadores. Na derrota contra os gaúchos, o meia Montillo reclamou bastante da atuação do árbitro Jaílson Macedo, que segundo o cruzeirense, teria irritado muito os atletas celestes parando as jogadas a todo o momento.

O Cruzeiro tem razão em reclamar da arbitragem? Deixe seu comentário

"Tem lances como os do Kleber, que está acostumado a tombar no zagueiro. Com o Anselmo Ramon era falta, e do outro lado não. Mas não podemos falar dentro de campo. O que a gente quer é que se for falta de um lado, que seja do outro também. Mas não gosto de falar do juiz", afirmou Montillo.

O goleiro Fábio também reclamou da atuação da arbitragem, que segundo o jogador teria marcado, inclusive, impedimento em jogadas de cobrança de lateral. Fábio argumentou que a pressão da torcida gremista pode ter pesado nas decisões de Jaílson Macedo.

E mais:  Suspenso, zagueiro Léo desfalca Cruzeiro contra a Portuguesa

"Até certo ponto do jogo estava tranquilo. Ele vinha bem. Mas em certos momentos do segundo tempo o jogo ficou muito aguerrido, a torcida empurrando. O bandeirinha em lance de lateral deu impedimento. Ali ficou mais cobrança. Isso gera mais pressão em cima do árbitro", disse o goleiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.